Estudante de engenharia da BA ganha bolsa de estudos da Ford, você também pode

A Ford investe bastante em formação profissional no mundo todo. E por mais um ano, um programa de bolsa de estudos da Ford premia brasileiro. Dessa vez foi um estudante da Bahia, e todos os detalhes conferimos agora!

Fernando Antônio, do SENAI CIMATEC, foi o escolhido
Fernando Antônio, do SENAI CIMATEC, foi o escolhido (Imagem: Divulgação/Ford)

Programa de bolsa de estudos da Ford premia brasileiro

A Ford e o Ford Motor Company Fund se destacam na promoção da educação e formação profissional.

Entre as ações, anualmente eles promovem o Prêmio Global de Engenharia Alan Mulally, oferecendo bolsas de estudo para estudantes de engenharia em formação de várias partes do planeta.

VEJA TAMBÉM

E, este ano, um estudante brasileiro foi um dos escolhidos para receber um dos prêmios.

Este foi Fernando Antônio Marques Schettini, que cursa engenharia no SENAI CIMATEC, instituição da qual a Ford é parceira, localizada na Bahia. Sobre o prêmio e oportunidade, ele comentou:

“Com certeza, este prêmio vai me ajudar na hora de tomar decisões importantes na minha carreira. Trabalhei e estudei muito para conquistá-lo e é muito bom ter o esforço reconhecido”.

Brasileiros aparecem bastante entre bolsistas selecionados

  • O Prêmio Global de Engenharia Alan Mulally foi criado em 2015. Ele tem como objetivo principal fomentar a engenharia e o desenvolvimento ao redor do mundo.
  • Para isso, ele disponibilizará um montante total de US$ 1 milhão ao longo de dez anos. O dinheiro destina-se ao incentivo da formação de talentos na área da engenharia.
  • Os brasileiros são presença recorrente no programa. Isto porque, das nove edições ocorridas até o momento, o Brasil esteve presente em seis delas. Isso demonstra que os jovens talentos brasileiros são reconhecidos e valorizados globalmente.
  • Sobre o prêmio, comenta Paulo Oliveira, engenheiro-chefe de Powertrain e Eletrificação da Ford Brasil: “A educação é um pilar importante para a Ford e com essas iniciativas estamos preparando os profissionais do futuro, contribuindo com a capacitação de engenheiros que vão liderar o futuro da mobilidade”.

Quem pode concorrer ao Prêmio Global de Engenharia Alan Mulally?

  • Para se inscrever e concorrer à bolsa do prêmio há alguns pré-requisitos: estar cursando o primeiro ou segundo ano de engenharia mecânica, automotiva, mecatrônica, elétrica ou ciência da computação, ter inglês fluente e realizar trabalhos voluntários e ações de liderança acadêmica ou comunitária.

Não é a primeira nem a última vez que uma bolsa de estudos da Ford premia brasileiro. Portanto, se você pensa em seguir a carreira no setor automobilístico, não é má ideia tentar!

Adson Leonardo
Adson LeonardoAdson Leonardo é redator desde 2018, escrevendo para blogs empresariais e temáticos, mídias sociais e perfis pessoais de executivos. Além disso, é escritor, poeta e apaixonado por ciência. Aliando suas habilidades narrativas com o olhar afiado para dados, seu foco é criar textos sólidos, que engajam, educam e guiam o leitor pelo tema abordado.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar