Gasolina cara? Veja como lidar com os aumentos de preço dos combustíveis

Notícias 24 de setembro de 2018 Da Redação 0

Mesmo com uma queda de 0,59% do preço do combustível nas refinarias, o valor continua alto, principalmente para aqueles que optarem pela gasolina. O derivado do petróleo que segue com uma média nacional de mais de R$4,60 por litro, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Na semana passada, o preço da gasolina fechou em alta de 0,52% e subiu a R$ 4,652. Foi a quarta semana consecutiva de aumento. Esse valor supera o observado na semana encerrada em 2 de junho, logo após o fim da greve dos caminhoneiros, paralisação que provocou desabastecimentos em todo o país e elevou os preços.

LEIA MAIS: Entenda como as crianças podem contribuir para um trânsito melhor

Mais potente, nova linha da Kawasaki Ninja H2 entra em pré-venda no Brasil

“Essa alta tem impacto direto nos preços dos produtos que consumimos, já que grande parte deles são transportados por caminhões movidos a diesel, sem contar no possível aumento dos preços dos serviços de transporte, como táxis e ônibus”, afirma Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin)

Gasolina cara: alternativas

Para o especialista, a melhor saída é considerar outras formas de transporte para economizar no combustível. “Nem sempre precisamos fazer tudo utilizando o carro, portanto há determinadas situações em que podemos deixá-lo na garagem. Pegue ou ofereça caronas e faça rodízios com colegas de trabalho e amigos, assim otimiza-se as viagens e o seu bolso também agradece”.

Confira sete orientações para economizar combustível.

  1.  Analise a necessidade de fazer tudo com o carro; realizar algumas caminhadas, além de ser saudável, pode gerar boa economia;
  2.  Alterne o uso do carro com o transporte público, assim terá diminuição no orçamento mensal no que se refere a gastos com locomoção;
  3. Ofereça e pegue caronas com familiares, amigos e colegas de trabalho sempre que possível. Assim, além da economia, há maior sociabilização;
  4. Dirija e utilize o veículo com consciência. Algumas ações geram maior consumo de combústivel, como manter o ar-condicionado ligado e trocar de marcha na velocidade inadequada;
  5. Abasteça em postos de sua confiança, garantindo a qualidade da gasolina que está comprando;
  6. Mantenha os pneus calibrados, pois se estiverem abaixo do recomendado pelo fabricante, há resistência na rolagem e o carro consume mais combustível. Isso sem contar o desgaste dos pneus, que são caros;
  7. Mantenha o carro sempre revisado, pois um motor mal regulado pode gastar mais combustível. Assim também evita imprevistos que podem estourar as finanças.

Mais econômicos

Na galeria, confira os carros mais econômicos do Brasil em 2018.

 
 
<
>