Afinal, o Fiat Pulse tem potencial para ser um Palio ou Uno?

Fiat Pulse
O Fiat Pulse foi um dos principais lançamentos da categoria (Foto: Divulgação/Fiat)

A Fiat produz carros no Brasil desde o ano de 1976. Vários modelos famosos saíram da fábrica de Betim-MG. Entre eles, os compactos Palio e Uno se destacaram nas vendas por conta do bom custo-benefício. E quem busca o mesmo sucesso destes dois veículos é o Fiat Pulse. O modelo foi lançado no ano passado e também pode oferecer um bom conteúdo custando pouco. Sem falar das inovações.

Fiat Pulse
Fiat Pulse (Foto: Divulgação/Fiat)

Fiat Pulse tem potencial para ser um Palio ou Uno?

O modelo foi mostrado oficialmente montadora italiana no último mês de outubro. Este lançamento foi bastante esperado pelo público. Ainda mais depois de sua participação no reality show Big Brother Brasil e da votação que elegeu o nome Pulse. E toda esta expectativa foi comprovada nos dias seguintes ao lançamento. De acordo com a Fiat, ele teve 9 mil unidades comercializadas em três semanas.

Fiat Palio (Foto: Divulgação/Fiat)
Fiat Uno (Foto: Divulgação/Fiat)

No mês passado, ele já esteve entre os 10 automóveis mais vendidos. Ou seja, neste sentido, ele já segue os passos de Palio e Uno. Os dois são carros que sempre estiveram entre os mais vendidos. O primeiro foi o campeão de vendas em 2014. Já o segundo foi vendido durante 37 anos e é o carro mais comercializado da montadora desde os anos 80. E o Fiat Pulse já possui alguns bons atributos.

Este primeiro SUV da Fiat usa como base a plataforma MLA e tem uma carroceria formada por 87% de aços de alta e ultra-alta resistência. Ele mede 4.099 mm de comprimento, 1.774 mm de largura e 1.579 mm de altura. O Fiat Pulse se assemelha com o Fiat Argo em alguns detalhes, mas ele possui sua própria personalidade. Na dianteira, ele traz uma ampla grade frontal e um para-choque imponente. 

Fiat Pulse (Foto: Divulgação/Fiat)

Já os faróis de LED estão disponíveis em todas as versões. O carro também pode trazer luzes de condução diurna e faróis de neblina. Acima do conjunto óptico está um friso. O acabamento dele muda de acordo com a versão. Na lateral, você pode ver suas rodas de liga leve. Já na parte traseira o carro traz lanternas de LED tridimensionais e um para-choque que possui um desenho que melhora ainda mais o ângulo de saída.

Fiat Pulse – Custo benefício e inovação

Fiat Pulse (Foto: Divulgação/Fiat)

Um outro ponto positivo dos dois hatches compactos era o custo-benefício. Ou seja, entregavam muito e custavam pouco. E o Pulse realmente segue esta cartilha. Este novo utilitário esportivo está custando a partir de R$ 87.990 na versão Drive 1.3 manual. Além do preço – mais ou menos – baixo , este carro se destaca pelo pacote de equipamentos. Ele vem de série, por exemplo, com a central multimídia de 8,4 polegadas (com Android Auto e Apple CarPlay).

Sem falar dos seis airbags, do ar-condicionado automático digital, do banco do motorista com regulagem de altura, da direção elétrica, do Hill Holder, do piloto automático, das rodas de liga leve de 16 polegadas, do sensor de estacionamento, do Lane Change e entre outros. O mesmo acontece com as outras versões. Nelas, você encontrará alguns itens interessantes como o carregador por indução, central multimídia de 10,1 polegadas (com o pacote Connect///Me), pacote ADAS e o painel de instrumentos digital de sete polegadas.

Veja abaixo todos os preços do Fiat Pulse:

Pulse Drive 1.3 Flex manual = R$ 87.990

Drive 1.3 Flex automático = R$ 96.990

Drive 1.0 Turbo 200 Flex = R$ 104.990

Audace 1.0 Turbo 200 Flex = R$ 112.490

Impetus 1.0 Turbo 200 Flex = R$ 123.490

Motorização inédita

Aproveite e veja: Tudo sobre o Fiat Toro 2022

Fiat Pulse (Foto: Divulgação/Fiat)

Em 1990, o Fiat Uno entrou de vez para a história do mercado de automóveis brasileiro. Ele foi o primeiro veículo da marca e do Brasil a sair de fábrica com um motor 1.0. Já o Pulse foi o primeiro veículo da Fiat a carregar um motor 1.0 Turbo. No caso, estamos falando do 1.0 Turbo 200 Flex. Ele pode gerar uma potência máxima de 130 cv e um torque máximo de 200 Nm. Ele está acoplado a uma transmissão automática do tipo CVT.

Este propulsor faz o carro ser o mais potente da categoria. O 1.0 TSI do Nivus tem uma potência de 128 cv e o 1.0 Turbo do Caoa Chery Tiggo 3X pode gerar 102 cv. Lembrando que as versões mais baratas do Fiat Pulse usam o 1.3 Firefly Flex, que produz 107 cv de potência e 134 Nm. Neste caso, ele pode vir acompanhado do câmbio manual de cinco velocidades e da transmissão CVT.

Conclusão

Fiat Pulse
Fiat Pulse (Foto: Divulgação/Fiat)

Assim sendo, o Fiat Pulse tem sim o potencial de repetir o sucesso do Palio e do Uno. E os números de vendas já mostram isso. O grande lançamento da montadora italiana em 2021 também possui diversos atrativos. Dentre eles, podemos destacar o bom custo-benefício e uma motorização eficiente.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar