3 motivos para verificar se o amortecedor do seu carro está bom (a terceira vai te surpreender)

Quem usa o carro cotidianamente sabe a importância de ter as principais peças do automóvel em ordem para experiências seguras. Nesse sentido, confira dicas de como lidar com o amortecedor, um dos principais itens de um veículo.

3 motivos para verificar se o amortecedor do seu carro está bom (a terceira vai te surpreender)
Peças em bons estado de conservação tornam o veículo mais seguro (Foto: Freepik)

Motivos para verificar o amortecedor

De um modo geral, andar com qualquer peça de um carro em mal estado de conservação pode ser um risco para os ocupantes não só do próprio veículo como o de terceiros.

Um automóvel com itens comprometidos pode não responder da forma ideal aos comandos humanos e inviabilizar ações de contenção de acidentes.

VEJA TAMBÉM

Como qualquer componente, as peças de um carro dão sinais de que não estão em bons estados de conservação.

São comuns em carros com peças passíveis de substituição: movimentação excessiva da carroceria, oscilações em estradas planas, e até possíveis perdas de contato entre o pneu e o asfalto.

Todos esses sintomas podem indicar, entre outras coisas, que o amortecedor do veículo não está bom.

Tendo isso em vista, a a ALD Automotive/LeasePlan, empresa de mobilidade sustentável, elencou três fatores para se atentar ao sistema de suspensão do automóvel.

3 motivos para verificar se o amortecedor do seu carro está bom (a terceira vai te surpreender)
Amortecedores são importantes para atenuar impactos ao veículo (Foto: Pexels)

Danos em mais peças

Tenha em mente que um carro não deixa de ser uma engrenagem. Deste modo, um item influencia o outro e o comprimento de cada peça pode afetar outros elementos relacionados.

Amortecedores ruins podem comprometer outros componentes da suspensão, como rolamento das rodas e terminais da direção. O efeito direto disso, é a instabilidade provocada no veículo.

Desgaste dos pneus

Quando se encontram em maus estados de conservação, os amortecedores inviabilizam a utilização correta dos pneus, que se desgastam mais do que o normal e desigualmente.

Além disso, amortecedores ruins podem impedir os pneus de absorver os impactos do eixo traseiro e da suspensão dianteira.

Comprometimento do freio

Essa com certeza é a mais importante, já que incide diretamente em um movimento fundamental, frear.

Um carro com amortecedores ruins pode acarretar em maior tempo para frenagem, o que aumenta o risco de acidentes (inclusive graves).

Agora imagine você, precisar frear e o carro não responder da forma esperada? Aterrorizante, não?

É por essas e outras que o indicado é verificar essa peça a cada revisão (de 10 mil em 10 mil km ou de acordo com o manual do seu veículo).

Gervásio HenriqueJornalista com maior experiência profissional no setor automotivo. Atualmente redator do Grupo Gridmidia com foco no portal Garagem360.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar