Xiaomi registra oficialmente sua divisão de carros

O T77 Faw foi o primeiro contato que a marca teve com o mundo automotivo
O T77 Faw foi o primeiro contato que a marca teve com o mundo automotivo (Foto: Divulgação)

O anuncio foi feito no dia 1 º de setembro, a marca chinesa de tecnologia,  Xiaomi, agora terá uma divisão para desenvolver carros. O capital inicial da empresa é de R$ 8,1 bilhões. Saiba mais!

Projeto carros da Xiaomi feita por Mo Fei
Projeto do carro da Xiaomi feita por Mo Fei (Foto: Weibo)

Xiaomi no segmento de carros

A marca Xiaomi divulgou oficialmente que faz parte do segmento automotivo. A empresa já havia comentado em março a sua intenção de também pertencer ao mundo dos carros. E agora, no dia primeiro de setembro,  registrou a divisão Xiaomi EV. Segundo o portal tecmundo, o capital destinado para a empresa é de R$ 8,1 bilhões.

A divisão tem nome de Xiaomi EV, e entre os projetos da marca, estão conceitos elétricos e até autônomos.

O cofundador da marca, Lei Jun será o responsável por desenvolver todo o projeto. A equipe atual do novo braço da Xiaomi já conta com 300 participantes, no entanto, a empresa afirmou que está recebendo uma enxurrada de currículos de pessoas otimistas em agregar à empresa.

Investimento em direção autônoma

A marca já pensa em entrar com tudo no segmento, e os ramos de atuação serão em grande maioria modelos elétricos e de direção autônoma. Para isso, a empresa adquiriu a empresa Deepmotion Tech, especializada no segmento, para atuar na nova divisão automotiva. Para isso, a marca teve que desembolsar um total de US$ 77,4 milhões.

Além disso, a divisão segue em busca de outras parcerias para que o projeto saia do papel.

Projetos já começam a sair do papel

A marca já está trabalhando ativamente em sua nova divisão e a data para o início das atividades está marcada para março de 2022. Acredita-se que o modelo oficial da Xiaomi EV seja lançado em 2023.

Xiaomi anuncia divisão automotiva
A sede para a fábrica ainda não foi definida (Foto: Divulgação)

A sede da Xiaomi EV

Ainda não há a confirmação de um local exato para a sede de produção dos veículos da Xiaomi EV. No entanto, alguns locais no território chinês estão sendo estudados pela marca, como Pequim, Xangai e Wuhan.

O que esperar dos veículos da Xiaomi EV

Não há muitas informações sobre qual linha a marca seguirá em sua produção. No entanto, é possível esperar veículos com muitos itens de tecnologia embarcada, e claro, que se conectem aos demais produtos da marca, como os smartphones.

O CEO da Xiaomi e quem coordenará o novo projeto, Lei Jun, já havia afirmado que o primeiro projeto da Xiaomi EV seria um sedã ou SUV, que teriam valor entre R$ 80 R$ 240 mil.

Veja também: Toyota investirá US$ 13 bilhões em baterias para carros elétricos

Esboços já são idealizados, mas não passam disso

No entanto, há quem não aguente esperar por mais informações, e prefira colocar a mão na massa. Foi o que fez um usuário da comunidade oficial da Xiaomi, Mo Fei. Ele idealizou um projeto no qual acredita que se assemelhará ao novo modelo da divisão.

Nas imagens publicadas no portal Weibo, é possível perceber um sedã de luxo com muitos itens de tecnologia embarcada e interior futurista. Além disso, o usuário ainda acredita que a autonomia do carro pode chegar a 1.000 km.

Xiaomi anuncia divisão automotiva
Xiaomi (Foto: Divulgação)

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo, e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar