VW T-Cross ou Hyundai Creta? Saiba qual SUV vale a compra

Dois dos principais concorrentes do Jeep Renegade, VW T-Cross e Hyundai Creta são os jipes mais em conta de suas montadoras. Saiba qual SUV vale mais a compra (Foto: Divulgação/Volkswagen Brasil)

A última década foi especial para os SUVs compactos. A categoria cresceu muito e passou a ocupar as primeiras colocações do ranking de vendas. Dois deles, o Volkswagen T-Cross e o Hyundai Creta, foram os lançamentos mais importantes de suas montadoras. Qual deles vale mais a compra?

Quer saber mais? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais notícias, vídeos, comparativos e testes automotivos que te levam ao melhor negócio automotivo clicando aqui.

Para efeito de comparação, usaremos suas versões top de linha. A versão Highline é a mais completa do veículo alemão e tem preços a partir de R$ 136.890, Enquanto isso, o modelo mais caro do utilitário coreano está custando a partir de R$ 117.290.

VW T-Cross ou Hyundai Creta? Saiba qual SUV vale a compra

No mês passado, ambos os veículos foram os SUVs mais comercializados de suas fabricantes. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), foram vendidas 5.544 unidades do Hyundai Creta e 4.325 unidades do Volkswagen T-Cross. Os dois ainda estão um pouco atrás do Jeep Renegade, que vendeu 6.634 unidades.

Foto: Divulgação/Hyundai Motor Brasil

Um dos pontos positivos dos aventureiros urbanos (assim como todo SUV que se preze) é que eles possuem um porte robusto, mas conforto de sedã. E é o que você encontra nos dois modelos aqui comparados. O T-Cross, por exemplo, mede 4.199 mm de comprimento, 1.760 mm de largura e 1.570 mm de altura. Sua distância entre-eixos é 61 mm maior que o coreano (2.651 mm contra 2.590 mm).

Por outro lado, o Creta possui dimensões maiores que as de seu adversário. Apesar e Ele mede 4.290 mm de comprimento, 1.780 mm de largura e 1.635 mm de altura. O mesmo vence também no porta-malas (431 litros contra 373). Mesmo com uma distância entre-eixos menor, ele oferece um espaço interno amplo.

Motorização

Sob o capô, o T-Cross Highline usa o motor 1.4 TSI, que tem potência máxima de gerar 150 cv a 5.000 giros e torque de 25,5 kgfm entre 1.400-4.000 rpm. Já a sua transmissão é a automática de seis velocidades. De acordo com a VW, ele pode acelerar de 0 a 100-km/h em 8,7 segundos e sua velocidade máxima é de 198 km/h.

Foto: Divulgação/Hyundai Motor Brasil
Foto: Divulgação/ Volkswagen do Brasil

Enquanto isso, o Creta traz o propulsor Nu 2.0 Dual CVVT com função e-Start. Ele tem potência máxima de 166 cv e torque de 20,5 kgfm a 4.700 rpm. Ele pode atingir a velocidade máxima de 188 km/h e acelerar de 0 a 100 km/h em 9,7 segundos.

 Consumo

Outro ponto positivo dos dois é o consumo de combustível. O T-Cross é um pouco mais econômico que Creta. Ele faz 11 km/l (gasolina) e 7,7 km/l (etanol). Na estrada, eles se mantém no alto: 13,2 km/l (gasolina) e 9,3 km/l (etanol).

Enquanto isso, o Hyundai Creta possui tecnologia e-Start e pode fazer: 10,1 km/l (gasolina) e 7,1 km/l (etanol) no ciclo urbano; 11,3 km/l (gasolina) e 8,2 km/l em trechos rodoviários.

Equipamentos de série

Tanto o Volkswagen T-Cross, quanto o Hyundai Creta possuem possuem um pacote de equipamentos de série bastante convidativo.

Fabricado em São José dos Pinhais (PR), o veículo da VW foi apresentado em 2018 e é fabricado sobre a plataforma MQB Ao. Ele oferece seis airbags, sensores de estacionamentos traseiros e dianteiros, sensor crepuscular, assistente para partida em aclives, controle eletrônico de estabilidade, controle de tração, faróis de condução diurna, sensor de chuva, ar-condicionado digital, seis alto-falantes, banco do motorista ajustável (altura e lombar), bancos de couro, espelho retrovisor eletrocrômico, luzes de leitura, sistema Kessy (acesso ao carro sem chave), volante multifuncional, vidros elétricos e travas elétricas, detectador de fadiga e sistema Start & Stop.

Foto: Divulgação/Volkswagen do Brasil
Foto:Divulgação/Hyundai Motor Brasil

Enquanto isso, o coreano é mais um carro produzido na planta de Piracicaba (SP). De série, ele vem com tela multimídia de 7 polegadas (com TV Digital), câmera de ré, sensor de estacionamento, chave canivete, luz de condução diurna, abertura e fechamento dos vidros na chave, sensor crepuscular, faróis com projeto, lanternas Diamond Vision com luzes em LED, luz de condução diurna, faróis de neblina, volante revestido em couro, bancos de couro, seis airbags, freios ABS com EBD, controle de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampo, ar-condicionado automático digital, direção elétrica, vidros e travas elétricas, chave presencial smart-key, volante com regulagem de altura, banco do motorista com regulagem de altura, carregador wireless, smart key band, banco do motorista com ventilação,

Conclusão

Por fim, temos aqui dois dos grandes concorrentes do Jeep Renegade. O Hyundai Creta é um dos SUVs compactos mais baratos disponíveis no mercado e oferece alguns atributos, como um porte maior, porta-malas mais espaçoso e lista de equipamentos de série farta. Embora o Volkswagen T-Cross não fique muito atrás.

Quer saber mais? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais notícias, vídeos, comparativos e testes automotivos que te levam ao melhor negócio automotivo clicando aqui.

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar