Volkswagen começa a reciclar baterias de carros elétricos

A Divisão de Componentes do Grupo Volkswagen inaugurou em Salzgitter, na Alemanha, a primeira planta dedicada ao processo de reciclagem de baterias de carros elétricos. A operação piloto tem como objetivo a recuperação industrial de matérias-primas valiosas, como o lítio, níquel, manganês e cobalto num ciclo fechado, juntamente com o alumínio, cobre e plásticos, atingindo uma proporção de mais de 90% de reciclagem no longo prazo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

A planta de Salzgitter só recicla baterias que não podem mais ser utilizadas para outros propósitos. Antes do item ser encaminhado para o processo, uma análise determina se ele continua suficientemente potente para ganhar uma segunda vida em sistemas móveis de armazenamento de energia, como estações flexíveis de carga rápida ou robôs de carga móvel.

Grandes volumes de devolução de baterias não são esperados pelo menos até o final da década de 2020. Por isso, a planta foi projetada para reciclar até 3.600 sistemas de baterias por ano durante a fase piloto – o equivalente a aproximadamente 1.500 toneladas. No futuro, o sistema pode ser ampliado para trabalhar com quantidades maiores, ao mesmo tempo que o processo será constantemente otimizado.

O processo inovador e redutor de CO2 não exige a fundição em alto-forno, com alto consumo de energia. Os sistemas de baterias usados são entregues completamente descarregados e desmontados. As peças individuais são moídas até formarem grânulos e, posteriormente, secadas. Além do alumínio, cobre e plásticos, o processo inclui o valioso “pó preto”, que contém importantes matérias-primas para baterias, como o lítio, níquel, manganês e cobalto, assim como grafite. A separação e processamento das substâncias individuais por processos hidrometalúrgicos (utilizando águas e agentes químicos) são realizados subsequentemente por parceiros especializados.

“Componentes essenciais de células de baterias usadas podem ser utilizados para produzir novo material para cátodos”, explica Mark Möller, chefe da Unidade de Negócios de Desenvolvimento Técnico e Mobilidade Elétrica. “Sabemos, pela pesquisa, que as matérias-primas extraídas de baterias recicladas são tão eficientes quanto as novas. No futuro, queremos auxiliar nossa produção de células de baterias com o material que recuperamos. Como a demanda por baterias e suas matérias-primas correspondentes vai crescer drasticamente, podemos garantir um bom uso para cada grama de material reciclado”, completa.

A economia de CO2 é calculada em aproximadamente 1,3 tonelada por bateria de 62 kWh fabricada utilizando cátodos feitos de material reciclado e consumindo eletricidade verde.

LEIA MAIS: Emplacamento de veículos elétricos bate recorde no Brasil
Chevrolet mostra detalhe do novo Bolt EUV

Na galeria, veja a evolução dos carros elétricos ao longo dos anos.

La Jamais Contente (1899) |Foto: Public domain/Wikimedia
Chevrolet EV1 (1996) |Foto: Divulgação/Chevrolet
Chevrolet EV1 (1996) |Foto: Divulgação/Chevrolet
Peugeot 106 életrique (1996) |Foto: Divulgação/Peugeot
Peugeot 106 életrique (1996) |Foto: Divulgação/Peugeot
Honda EV Plus (1997) |Foto: Divulgação/Honda
Honda EV Plus (1997) |Foto: Divulgação/Honda
Toyota RAV4 EV (1997) |Foto: Divulgação/Toyota
Toyota RAV4 EV (1997) |Foto: Divulgação/Toyota
Nissan Altra (1999) |Foto: Divulgação/Nissan
Nissan Altra (1999) |Foto: Divulgação/Nissan
Tesla Roadster Sport (2008) |Foto: Divulgação/Tesla
Tesla Roadster Sport (2008) |Foto: Divulgação/Tesla
Smart ForTwo Eletric Drive (2009) |Foto: Divulgação/Smart
Smart ForTwo Eletric Drive (2009) |Foto: Divulgação/Smart
Renault Zoe (2012) |Foto: Divulgação/ Renault
Renault Zoe (2012) |Foto: Divulgação/ Renault
Tesla Model S (2012) |Foto: Divulgação/Tesla
Tesla Model S (2012) |Foto: Divulgação/Tesla
Toyota RAV4 EV (2012) |Foto: Divulgação/Toyota
Toyota RAV4 EV (2012) |Foto: Divulgação/Toyota
BMW i3 (2013) |Foto: Divulgação/BMW
BMW i3 (2013) |Foto: Divulgação/BMW
Mercedes-Benz SLS AMG Eletric Drive (2013) |Foto: Divulgação/Mercedes-Benz
Mercedes-Benz SLS AMG Eletric Drive (2013) |Foto: Divulgação/Mercedes-Benz
Tesla Model X (2015) |Foto: Divulgação/Tesla
Tesla Model X (2015) |Foto: Divulgação/Tesla
Chevrolet Bolt EV (2017) |Foto: Divulgação/Chevrolet
Chevrolet Bolt EV (2017) |Foto: Divulgação/Chevrolet
Tesla Model 3 (2017) |Foto: Divulgação/Tesla
Tesla Model 3 (2017) |Foto: Divulgação/Tesla
Volkswagen e-Golf (2017) |Foto: Divulgação/Volkswagen
Volkswagen e-Golf (2017) |Foto: Divulgação/Volkswagen
JAC iEV20 (2019) |Foto: Divulgação/JAC
JAC iEV20 (2019) |Foto: Divulgação/JAC
JAC iEV40 (2019) |Foto: Divulgação/JAC
JAC iEV40 (2019) |Foto: Divulgação/JAC
Smart ForTwo EQ (2020) |Foto: Divulgação/Smart
Smart ForTwo EQ (2020) |Foto: Divulgação/Smart

ÚLTIMAS

  • Hatch
  • Notícias
  • Serviços

Novo Peugeot 208 vale a compra? Veja os preços e versões do modelo

Desde o momento que chegou ao Brasil, os carros da Peugeot sempre chamaram a atenção por conta do design. Com… SAIBA MAIS

1 dia atrás
  • Notícias
  • Serviços
  • SUV

Honda HR-V Touring 2021: veja os atrativos da versão turbo do SUV

A Honda possui uma certa reputação quando se trata de SUVs. O CR-V é comercializado por aqui desde meados anos… SAIBA MAIS

1 dia atrás
  • Galeria
  • Inovação
  • Notícias
  • Serviços

Mercedes-Benz EQS é um sedã elétrico de luxo com interior futurista

O Mercedes-Benz EQS é o novo carro elétrico da marca alemã. O sedã (ou fastback) foi revelado ao mundo na… SAIBA MAIS

1 dia atrás