Viagem no Carnaval: saiba o que checar em seu carro antes de cair na estrada

Notícias 19 de fevereiro de 2019 Da Redação, com assessoria 0

Primeiro feriado prolongado de 2019, o Carnaval é visto como uma boa oportunidade para viajar. A maior celebração popular do Brasil sempre reúne milhões de pessoas nos quatro cantos do País para curtirem com seus amigos e entes queridos. Para aproveitar o período com segurança e conforto, é importante lembrar algumas medidas que devem ser tomadas antes de viajar.

Viagem no Carnaval: o que checar

Indicador TWI nos pneus

Um item importante é checar os pneus dos veículos. Um dos pontos que precisa ser observado é o indicador TWI, (indicador de desgaste). Se ele estiver no mesmo nível, ou muito próximo, do restante da banda de rodagem, chegou a hora de efetuar a troca por pneus novos, sempre da mesma medida e dimensão, mantendo a originalidade do carro.

LEIA MAIS: Vida útil, calibragem e medidas: mitos e verdades sobre pneus

Dicas para não ficar parado na estrada durante a viagem

O TWI está presente em vários pontos da banda de rodagem e é sinalizado na lateral do pneu que, ao se desgastar, indica que o produto perdeu sua capacidade ideal de escoamento de água e, também, fica mais suscetível a perfurações e avarias. Para evitar cenários perigosos como aquaplanagem, entre outros, o ideal é manter os compostos em suas condições ideais de funcionamento com vistorias regulares.

Alinhamento e balanceamento

O nível de desgaste dos pneus é importante, assim como a forma como eles estão se desgastando. Para garantir a máxima vida útil do produto, é fundamental fazer o alinhamento e balanceamento a cada 10 mil km, ou se existirem vibrações na direção.

Caso o veículo seja usado intensamente na cidade, onde as condições de asfalto são mais severas, principalmente após o período de chuvas, a Pirelli indica que este período entre uma revisão e outra seja reduzido para até 5 mil km. Outro sinal de alerta ao motorista é quando batidas em obstáculos ou buracos acontecem, o que podem provocar danos aos pneus, rodas e componentes da suspensão.

Rodízio

Outra indicação da marca italiana de pneus é que o proprietário do veículo faça rodízio a cada 10 mil km, para garantir desgaste por igual. Isso é importante já que os compostos localizados no eixo de tração tendem a se desgastar mais rapidamente do que os outros.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Caso o proprietário opte por fazer a substituição de apenas dois deles, a Pirelli indica que os novos sejam colocados no eixo traseiro do veículo, independentemente do tipo de tração. A justificativa é que a recuperação do controle da direção, em caso de perda de aderência da traseira do veículo, requer maior habilidade do motorista para redirecionar o veículo ao trajeto correto.

Calibragem

A calibragem também requer atenção. É recomendável que uma vez por semana, sempre com os pneus frios, ela seja efetuada seguindo as especificações do fabricante, indicadas no manual do proprietário do veículo. O motorista deve ficar atento às alterações necessárias na calibragem para quando o veículo estiver muito carregado – situação comum em viagens com a família e com muitas malas no bagageiro.

E por falar em calibragem, confira na galeria qual é a pressão ideal para alguns dos carros mais populares do Brasil.