Toyota e Mercedes-Benz: montadoras estão entre as 10 marcas globais mais valiosas; veja ranking

Notícias 23 de outubro de 2019 Da Redação 0

Toyota e Mercedes-Benz estão no top 10 das marcas globais mais valiosa. O ranking é elaborado anualmente pela Interbrand – também conhecido como Best Global Brands. Novidades nesta nova edição, o Uber estreia na 87ª posição (US$ 5.714 milhões) e o LinkedIn em 98º lugar (US$ 4.836 milhões).

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

As três marcas globais mais valiosas permaneceram as mesmas. A Apple na primeira posição com um crescimento de 9% (US$ 234.241 milhões), Google com mais 8% (US$ 167.713 milhões) e Amazon com um incremento de 24% (US$ 125.263 milhões). Apple e Google mantiveram nas duas primeiras posições pelo sétimo ano consecutivo.

O restante do top 10 inclui: Microsoft na 4ª posição (US$ 108.847 milhões), Coca-Cola na 5ª (US$ 63.365 milhões), Samsung na 6ª (US$ 61.098 milhões), Toyota na 7ª (US$ 56.246 milhões), Mercedes-Benz na 8ª (US$ 50.832 milhões), McDonald’s na 9ª (US$ 45.362 milhões) e, retornando ao top 10, Disney na 10ª (US$ 44.352).

Ranking completo


Para conferir o ranking Interbrand Marcas Globais Mais Valiosas 2019 completo e o relatório com uma análise das tendências de crescimento e setor, visite www.bestglobalbrands.com.

De acordo com o Interbrand Marcas Globais Mais Valiosas 2019, o Facebook caiu cinco posições, da 9ª colocação em 2018 para 14ª este ano. O Facebook entrou pela primeira vez no ranking Interbrand Marcas Globais Mais Valiosas em 2012 na 69ª posição, com um crescimento constante nos cinco anos seguintes. No seu auge em 2017, o Facebook ficou em 8° lugar com um valor de marca de US$ 48.188 milhões.

LEIA MAIS: W Series vai ter estreia de brasileira e retorno da campeã no grid de 2020
20 carros para família mais baratos que o Hyundai Santa Fe

A 20ª edição do ranking elaborado pela consultoria global de branding apresenta uma série de relatórios individuais que se aprofundam nos setores de viagens, varejo e luxo, tecnologia, mídia, automotivo e serviços financeiros. Dentre estes setores, luxo foi o que apresentou a maior valorização, passando de US$ 105.783 milhões para US$ 117.785 milhões, um crescimento de 11%.

Metodologia


Há três partes principais de análise que formam a base da metodologia de avaliação da Interbrand:
– O desempenho financeiro dos produtos ou serviços da marca;
– O papel que a marca desempenha nas decisões de compra;
– A força competitiva da marca e sua capacidade de criar lealdade e, portanto, demanda e lucro sustentáveis ​​no futuro.

Das 100 marcas em destaque, 26 tiveram um crescimento percentual de dois dígitos. A Mastercard foi a marca líder em crescimento, subindo 8 posições e ficando no 62º lugar, com um incremento de 25% no valor da marca (US$ 9.430 milhões) seguida pela Salesforce, que cresceu 24%, ocupando a 70º posição com um valor de US$ 8.004 milhões. A Dell retorna à 63ª posição, após seis anos de ausência, com um valor de US$ 9.086 milhões.

O valor total do portfólio das 100 principais marcas é de US$ 2.130.929 milhões, um incremento de 5,7% em relação ao ano passado. O valor do ranking em 2018 foi de US$ 2.015.312 milhões.

Relatório
O 20º ranking anual da Interbrand, “O Fim do Posicionamento”, analisa como as Marcas Globais Mais Valiosas vêm alcançando uma transformação ousada que gera valor econômico duradouro por meio da força da marca.

A Interbrand foi a primeira empresa a ter sua metodologia de avaliação de marca certificada em conformidade com os requisitos da ISO 10668 (requisitos para avaliação monetária de marca) e desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do próprio padrão.

Europa x América Latina: carros mais vendidos

 

 

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *