VW Taos flopou? Veja os SUVs que não venderam bem 2023

Os SUVs que não venderam bem em 2023 nos mostram que não basta ter no nome uma marca famosa. É preciso muito mais para chegar ao topo de vendas – e estes estão muito longe disso!

O C4 Cactus teve desempenho terrível também!
O C4 Cactus teve desempenho terrível também! (Imagem: Divulgação/Citroen)

VW Taos e outros SUVs que não venderam bem em 2023 surpreendem negativamente

Alguns SUVs estão passando por momentos desafiadores neste ano no Brasil.

Entre eles está o VW Taos, que tem sido uma verdadeira decepção em termos de vendas.

VEJA TAMBÉM

Com menos de 10 mil unidades vendidas até agora, ele se destaca como um dos piores SUVs do ano nesse quesito. Foram apenas 9.113 emplacamentos.

Para se ter uma ideia da situação, seu desempenho está muito abaixo do T-Cross, outro SUV da Volkswagen.

Este já emplacou mais de 46 mil unidades no mesmo período, o que é quase cinco vezes mais que o Taos. 

Mas, apesar dos resultados terríveis do Taos, ele não é o SUV que menos vendeu na categoria.

Isso porque outros modelos conseguiram resultados ainda piores

Alguns não venderam no ano todo o que muitos modelos conseguem facilmente em poucas semanas!

Caoa Chery Tiggo 7

Com certeza o Tiggo 7 não teve o desempenho esperado da Caoa
Com certeza o Tiggo 7 não teve o desempenho esperado da Caoa (Imagem: Divulgação/Caoa)

A Caoa Chery Tiggo 7 é um exemplo dessa situação preocupante, com apenas 3.926 unidades vendidas até agora em 2023.

Mas a Caoa, como um todo, não está tendo um desempenho incrível no ano. Seu SUV mais vendido é o Caoa Chery Tiggo 5X, com 5.966 vendas, menos de 2 mil unidades a mais que o Tiggo 7.

Citroën C4 Cactus

Outra montadora que também está lutando para popularizar seus modelos no Brasil é a Citroën. Tanto que o C4 Cactus conta com apenas 2.486 unidades vendidas.

Por exemplo, o C3, que ocupa a 23ª posição nas vendas com 16.549 emplacamentos, é o melhor colocado da francesa.

Mitsubishi Eclipse Cross

Por fim, o Mitsubishi Eclipse Cross, com 2.048 unidades vendidas, é o único modelo da montadora a aparecer na lista dos 50 mais vendidos, ocupando a última posição.

O Eclipse ainda consegue figurar entre o Top 50, mas vende mal de toda forma
O Eclipse ainda consegue figurar entre o Top 50, mas vende mal de toda forma (Imagem: Divulgação/Mitsubishi)

Uma das explicações pode ser a visão que o brasileiro tem da montadora como marca de luxo. Apesar disso, o preço está acima da média de outros SUVs mais populares, o que também ajuda a explicar o pífio desempenho.

No entanto, mesmo que alguns SUVs não venderam bem em 2023, o mercado brasileiro ainda está aquecido no segmento. Resta às montadoras revisar o trabalho e entender porque alguns simplesmente não vão pra frente aqui. 

Adson Leonardo
Adson LeonardoOlá, sou Adson Leonardo, graduando em Letras - PT pela UNIMONTES, escritor, poeta, e trabalho com redação para WEB desde 2018. Nestes anos já escrevi sobre os mais diversos temas, com um carinho especial no campo das ciências, escrita criativa e jogos. No mundo dos carros e automobilismo me interesso especialmente pelas inovações e tecnologias que permeiam este setor sempre em movimento.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar