Situação das fábricas de automóveis: demissões em SP; veja

fábricas de automóveis e demissões no Brasil, crise continua
Complexo Gestamp de Taubaté. Foto: Gestamp

O cenário de paralisações e demissões nas  fábricas de automóveis no Brasil continua . Por exemplo, na última quarta-feira (04/11), a espanhola Gestamp – uma das maiores multinacionais de engenharia automotiva e autopeças, anunciou que dará início a demissões em sua fábrica de Taubaté (SP). A empresa fornece soluções para diversas montadora de veículo e alega falta de pedidos por parte das marcas. Saiba mais a seguir!

fábricas de automóveis demissões
Foto: reprodução / Automotive Business

Fábrica Gestamp em Taubaté já demitiu 60, diz sindicato

Conforme informações do Sindicato dos Metalúrgicos da região, a Gestamp já demitiu 60 funcionários. No caso, mais de um de 1/4 do quadro funcional que a multinacional considera excedente, que é de 200 trabalhadores.

Falta de pedidos da GM e Volkswagen

De acordo com o site Automotive Business, a Gestamp revelou que, nos últimos meses, seu quadro de funcionários era maior do que a demanda. Por exemplo, a empresa alegou que os pedidos caíram, em especial, de clientes significativos para a multinacional, como a GM e a Volkswagen.

Dessa forma, a empresa de origem espanhola teve de fazer ajustes em sua produção, como é o caso do anúncio das demissões na fábrica de Taubaté.

Mas, ao que tudo indica, a medida da Gestamp não agradou às entidades representativas dos trabalhadores do setor. Por meio de nota oficial, o Sindicato dos Metalúrgicos da região de Taubaté, existiram tentativas de negociações com a empresa, a fim de atenuar o cenário de demissões. O Sindicato, então, se posicionou:

“Houve desrespeito às conversas que estão em andamento”, diz a nota. “O objetivo era preservar ao máximo os postos de trabalho durante esse período de queda na produção da indústria automotiva”, continua a entidade por meio do comunicado.

Chips automotivos. Imagem ilustrativa

Fábricas de automóveis, demissões e paralisações

Vale ressaltar que tanto a GM como a Volkswagen mantém fábricas na região onde a Gestamp se encontra. Inclusive, a fábrica da Volkswagen de Taubaté, ao longo de 2021, já promoveu diversas paralisações e ajustes na produção, devido a falta de chips.

Enquanto isso, a GM de São José dos Campos (SP), conforme o Garagem360 noticiou, anunciou, na última semana de outubro, o lay-off de mais de 1 mil trabalhadores da fábrica responsável pela produção dos modelos Chevrolet S10 e Trailblazer. A suspensão de um dos turnos na GM já começa agora em novembro.

tudo sobre Chevrolet S10 Z71 2022
Nova Chevrolet S10 Z71. (Foto: Chevrolet)

Aproveite e veja também: Nova S10 Z71 2022 Ficha Técnica, Vídeo, Avaliação, Fotos

Por fim, a fábrica da Gestamp em Taubaté conta com três turnos. No entanto, a produção deverá ser reduzida já nos próximos dias, conforme informações do Sindicato.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Erica Franco
Erica FrancoJornalista por formação com mais de 15 anos de experiência em redação geral e automobilística. Passagens pelo caderno "Máquina e Moto" do Jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros. Atualmente dedica-se a função de editora do portal Garagem360, apurando notícias do universo automotivo e garantindo o padrão de qualidade dos conteúdos veiculados.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar