Saiba por que Fiat Argo é boa opção, mesmo despencando nas vendas

Fiat Argo
Fiat Argo (Foto: Divulgação/Fiat)
publicidade

Lançado em 2017, o Fiat Argo substituiu modelos importantes, como o Palio e o Punto. Desde então, o carro se tornou um dos principais hatches compactos do mercado. Apesar de não viver uma boa fase no mercado, o veículo ainda pode ser uma opção para quem busca um carro econômico e confortável. Veja os pontos positivos e negativos do Argo.

Fiat Argo
O Fiat Argo é um dos principais hatches compactos do mercado (Foto: Divulgação/Fiat)
publicidade

Veja os pontos positivos e negativos do Fiat Argo

O modelo é feito pela montadora italiana em Betim-MG. Nos últimos anos, o Argo vem sendo o representante da Fiat em uma das categorias mais importantes do mercado nacional: a dos hatches compactos. Este veículo concorre diretamente com o Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e outros. No ano passado, ele teve 84.644 unidades vendidas.

Isso fez com que o carro fosse o terceiro carro mais vendido do Brasil em 2021. No entanto, em 2022, seu desempenho está um pouco abaixo do esperado. Em abril, o modelo foi com mais emplacamentos (5.488 unidades). Já em maio, o carro foi o 21º (3.415 unidades).

VEJA TAMBÉM

No mês passado, o Argo fechou na 23ª posição (3.097 unidades). Mesmo assim, o Fiat Argo 2022 pode vir a ser uma boa opção de compra. O modelo possui alguns atributos que podem ser importantes na hora da compra.

publicidade

Consumo

Fiat Argo (Foto: Divulgação/Fiat)

Um ponto do Fiat Argo que pode agradar é o consumo. O carro é um dos mais econômicos do Brasil. De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular  (PBE Veicular) do Inmetro, o Fiat Argo Drive 1.0 pode fazer 14,1 km/l (gasolina) e 9,8 km/l (etanol). Enquanto isso, na estrada, o modelo faz 15,8 km/l (gasolina) e 11 km/l (etanol).

publicidade

O modelo de entrada (sem nome) também possui números interessantes. Ambos os carros estão equipados com um motor 1.0  Firefly 6V Flex, que pode render uma potência máxima de 75 cv e um torque máximo de 10,7 kgfm. O conjunto ainda conta com um câmbio manual de cinco marchas.

Lembrando que o modelo também possui versões equipadas com um motor 1.3 Firefly 8V Flex.

Espaço interno

Fiat Argo
Fiat Argo (Foto: Divulgação/Fiat)
publicidade

Além do consumo. o Argo se destaca também por conta do conforto. O carro possui um bom espaço interno para cinco passageiros. No caso, a distância entre-eixos do modelo é de 2.521 mm. Quem também se destaca é o porta-malas, que tem capacidade para 300 litros. Um dos maiores desta categoria.

Lista de equipamentos

Fiat Argo
Fiat Argo S-Design (Foto: Divulgação/Fiat)

Na hora de comprar um carro, muitas pessoas levam consideração os equipamentos que o carro traz. Dito isso, o Fiat Argo traz uma boa lista de equipamentos. A versão de entrada já vem equipada com direção elétrica, airbag duplo, freios ABS com EBD, ar-condicionado, follow me home, controle eletrônico da aceleração, volante e entre outros.

publicidade

As outras versões também possuem itens interessantes. O modelo Drive 1.0 traz a central multimídia de sete polegadas e bancos com regulagem de altura, por exemplo. Ainda há a versão Drive S-Design 1.3, que vem com ar-condicionado digital e detalhes exclusivos.  A versão top de linha é a Trekking 1.3, que possui um visual aventureiro.

Preço

Fiat Argo Trekking (Foto: Divulgação/Fiat)

Os preços também estão entre os atributos do Argo. Hoje, o modelo da Fiat é um dos carros mais baratos do Brasil. A versão de entrada, por exemplo, está custando a partir de R$ 74.490. Este carro só não é mais barato que a dupla Fiat Mobi e Renault Kwid. Veja abaixo os preços de todas as versões do Fiat Argo:

publicidade
  • Argo 1.0 Flex = R$ 74.490
  • Argo Drive 1.0 Flex = R$ 78.590
  • Fiat Argo Drive 1.3 S-Design Flex = R$ 83.390
  • Argo Trekking 1.3 Flex = R$ 84.690

Pontos negativos do Fiat Argo

O Fiat Argo deve passar a contar com uma transmissão automática do tipo CVT (Foto: Divulgação/Fiat)

No entanto, o Fiat Argo possui alguns pontos negativos. A falta de versões equipadas com um câmbio automático é uma delas. Até o fim do ano passado, a marca comercializava a versão HGT, que vinha com um motor 1.8 de 139 cv e uma transmissão automática de seis velocidades.

publicidade

No entanto, o modelo saiu de linha. Espera-se que a empresa apresente versões com uma transmissão automática do tipo CVT quando a linha 2023 for lançada. No caso, o veículo contará com um motor 1.3 Firefly, que pode render 107 cv e 13,4 kgfm. Mudanças sutis no visual também devem acontecer.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O carro fica um pouco atrás quando se fala em equipamentos de segurança. Isso porque outros modelos, como o Hyundai HB20 e Chevrolet Onix, trazem mais airbags e controle de estabilidade de série desde a versão mais barata. Resta saber se a Fiat adicionará mais itens quando a linha 2023 for lançada.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar