Saiba como evitar falhas de partida em dias frios

Notícias 27 de junho de 2018 Da Redação, com assessoria 0

O inverno começou oficialmente no dia 21. Por ser a estação mais gelada do ano, o frio pode se fazer presente nas cidades brasileiras, especialmente pelas manhãs. Essas baixas temperaturas exigem alguns cuidados adicionais com os motores flex para evitar falhas na partida, sobretudo se a escolha ao abastecer for etanol. Segundo a NGK, marca especialista em ignição, as dificuldades podem ser evitadas se o motorista manter as revisões em dia.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

“Os componentes de ignição desgastados podem levar ao desempenho ruim do motor em dias frios, principalmente após um longo período desligado. A vela sofre um desgaste natural, pois trabalha sob condições severas, como pressão e altas temperaturas. Portanto, recomendamos uma inspeção a cada 10 mil quilômetros ou anualmente, o que ocorrer primeiro, além da checagem dos cabos e bobinas”, comenta Hiromori Mori, consultor de Assistência Técnica da NGK.

Partida a frio

De acordo com o especialista, outros componentes que precisam de atenção nesta época do ano são os sistemas auxiliares de partida a frio. No tradicional tanquinho, por exemplo, o ideal é que os proprietários substituam a gasolina do reservatório a cada 90 dias em um posto de confiança. “Isso garante, além da qualidade, que o combustível esteja sempre novo, o que facilita as partidas a frio”, destaca Mori.

Nos veículos sem tanquinho, outra tecnologia bastante comum é o sistema que aquece o etanol quando a temperatura do motor está muito baixa no momento da partida. “Essa é uma solução que necessita de grande potência do sistema elétrico do veículo para operar e que também pede cuidados redobrados com a ignição. Forçar seu uso com a vela desgastada traz problemas à bateria e provoca falhas”, finaliza Hiromori Mori.

Na galeria, veja alguns veículos testados pelo Garagem360.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *