Um robô da Ford foi criado para realizar um teste inusitado. Ele simula um corpo suado em contato com os bancos, para testar a durabilidade dos materiais. A máquina repete o movimento 7.500 vezes durante três dias, que equivale a dez anos de uso.

Função robô da Ford

O teste é um aprimoramento do Robutt, robô que começou a ser usado há pouco mais de um ano na Europa para testar a resistência dos bancos, de modo experimental, e hoje é aplicado em todos os modelos produzidos pela marca na região. Inicialmente, ele simulava apenas a pressão exercida pelo corpo humano no assento. Agora, reproduz o peso e as dimensões de um homem grande, aquecido a 36° C e com transpiração de 450 mililitros de água, sentando e se movimentando sobre o banco.

LEIA MAIS: Nissan divulga vídeo de construção de seu carro do Rali Dakar; confira

Confira os 10 carros médios mais vendidos no mundo

Segundo a montadora, o robô foi desenvolvido por conta das pessoas que realizam atividades físicas e utilizam o carro logo em seguida. “Os carros fazem parte da nossa vida e a prática de exercícios físicos também está sendo incorporada à rotina de muitas pessoas. Nem sempre elas conseguem tomar um banho ou mesmo se enxugar antes de ir para casa. O ‘Robutt’ é uma maneira de garantir que os bancos dos nossos carros se mantenham intactos por muitos anos sob diferentes condições de uso”, afirma Florian Rohwer, engenheiro do Laboratório de Desenvolvimento de Carroceria e Chassi da Ford Europa.

Confira o funcionamento da máquina no vídeo abaixo.

 

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *