Renault Kwid elétrico é revelado durante o Salão de Xangai

Notícias 16 de abril de 2019 Leo Alves 0

Conforme prometido na última semana, o novo Renault Kwid elétrico foi apresentado nesta terça-feira (16) durante o Salão de Xangai. Chamado de City K-ZE, o modelo será o primeiro modelo movido a eletricidade da marca lançado na China, sendo mais um membro da estratégia global de eletrificação do grupo francês.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Além da mudança no propulsor, o Kwid elétrico também é diferente visualmente do modelo vendido no Brasil. Sua frente foi redesenhada, ganhando faróis mais estreitos e uma grade remodelada. Os faróis auxiliares também cresceram e passaram a ter o formato retangular.

Motorização Renault Kwid elétrico

A marca francesa não revelou muitos detalhes sobre o propulsor elétrico do K-ZE, como a potência, por exemplo. O que se sabe é que a bateria poderá ser carregado em tomadas 220V e que no modo de carregamento rápido é capaz de ter 80% da carga em 50 minutos. No modo convencional, o modelo leva 4 horas para ter 100% de energia armazenada.

Apesar desses detalhes, a marca não informou qual a capacidade das baterias e nem a autonomia estimada do Kwid elétrico.

Equipamentos

Se ainda há um certo mistério sobre os dados do motor, ao menos alguns equipamentos do carro foram revelados. Ele será equipado com uma central multimídia de 8 polegadas, sensor de monitoramento de pressão dos pneus, conexão 4G wi-fi e sistema de reconhecimento de voz.

LEIA MAIS: BMW i8 2020 já pode ser encomendado no Brasil

Leilão de carros online oferece modelos blindados a partir de R$ 22 mil

Para reforçar a proposta ambiental do veículo, haverá sensores que medem a qualidade do ar.

Embora seja o modelo mais vendido da Renault no Brasil, não há nenhuma confirmação se o País receberá a versão elétrica do Kwid.