A BMW do Brasil convoca proprietários dos modelos BMW 550i, X5 xDrive50i, X6 xDrive50i, X5 M e X6 M fabricados entre 21 de outubro de 2010 e 8 de setembro de 2011, a comparecerem a uma concessionária autorizada BMW para a substituição da bomba auxiliar de refrigeração do turbocompressor. Ao todo, 45 veículos integram esta campanha de recall.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

A troca se faz necessária pois a bomba auxiliar pode falhar em decorrência de um curto circuito interno, ocasionando superaquecimento, não podendo ser descartada a possibilidade de incêndio no compartimento do motor do veículo. Neste caso, também não está descartada a possibilidade de ocorrência de danos físicos e materiais aos ocupantes do veículo e a terceiros.

Sendo assim, a BMW do Brasil convida os proprietários dos veículos afetados a entrarem em contato com uma concessionária autorizada, a fim de agendarem gratuitamente a substituição da peça.

A empresa destaca que, até o presente momento, não tem conhecimento de acidentes envolvendo os veículos afetados por este recall em consequência da falha na bomba auxiliar do turbocompressor.

Desde que tomou conhecimento do problema, a BMW do Brasil já vem tomando as providências necessárias para agilizar ao máximo a obtenção de todas informações necessárias junto à matriz da BMW AG para a realização dos reparos dos veículos afetados.

Os atendimentos começam no dia 23 de maio. O reparo é gratuito e tem duração aproximada de 1h30.

Os chassis não sequenciais envolvidos são:

MODELODEATÉ
550iC757474DE81776
X5 xDrive50iL421191L590263
X6 MLK14331LK14870
X5 MLK27024
X6 xDrive50iLZ96346LZ97479

Outros convocados

Na galeria, veja outros modelos que foram chamados para recall nos últimos meses:

 
 
  • Recall: Lexus CT 200h apresenta problemas no tanque de combustível e tubo para abastecimento do carro
  • Fiat Uno e Fiat Strada foram convocados para recall |Foto: Divulgação
  • Fiat Uno e Fiat Strada foram convocados para recall |Foto: Divulgação
<
>