Quero ensinar meu filho que não tem CNH a dirigir; será que tudo bem?

(Foto: Freepik)
publicidade

Quem tem acima de 50 anos de idade provavelmente aprendeu a dirigir com o pai e tentou fazer o mesmo com os filhos. Por isso, existem dúvidas sobre essa prática muito antiga e recorrente. Afinal, é possível, do ponto de vista legal, ensinar um filho que ainda não obteve sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a dirigir?

A premissa é a de que, já que os custos das aulas nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) são elevados, pode-se obter uma boa economia na base do “faça você mesmo” – levando o filho a um lugar calmo, com pouca circulação de veículos e pedestres, para dar algumas dicas ao volante.

publicidade

CTB considera prática uma infração gravíssima, sujeita a multa pesada

Somente instrutores de trânsito podem ensinar a dirigir (Foto: Divulgação)

No entanto, é melhor esquecer o passado. A velha prática é expressamente proibida pela legislação vigente. Pessoas que insistem em ensinar quem não tem  habilitação – seja um filho menos de idade ou um adulto – estão sujeitas a uma pesada multa de trânsito se forem flagradas.

No Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Art. 163, a prática é definida como “entregar veículo a pessoa sem habilitação”, sendo considerada infração gravíssima, com multa de R$ 880,41 (equivalente a três vezes o valor da gravíssima), além de 7 pontos na CNH.

Isto porque somente um instrutor de trânsito, devidamente qualificado e certificado para a função, pode ensinar outra pessoa a dirigir. A Lei nº 12.302 de 2010, que regulamenta o exercício da profissão de instrutor de trânsito, estabelece em seu Artigo 2º que são instrutores de trânsito os profissionais que têm registro no órgão executivo de trânsito dos Estados e do Distrito Federal. 

publicidade

O que diz o CTB

No CTB, as proibições começam no Artigo 162, que define que dirigir sem possuir CNH, Permissão para Dirigir ou Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) é infração gravíssima. E prevê, ainda, a retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado.

Já o Artigo 163, diz que entregar a direção do veículo a pessoa não habilitada também é infração gravíssima, com a mesma punição.

publicidade

Nunca permita que condutor sem CNH dirija o seu carro

IPVA 2022 ficará mais caro
Jamais entregue a chave do carro a pessoa não habilitada (Foto: Pixabay)

O mesmo ocorre se o proprietário não entregar, porém permitir que um condutor assuma o volante do veículo sem ser habilitado. Está previsto no Art. 164, que estipula as mesmas penalidades do Art. 163.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

A diferença entre entregar (Art. 163) e permitir (Art. 164) está no fato de o proprietário do veículo estar ou não junto do condutor não habilitado quando flagrado. Pelo Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito (MBFT), se o proprietário estiver presente, fica caracterizada a “entrega” da direção. E, se ele não estiver, é o caso da “permissão”.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Paulo Silveira
Paulo SilveiraJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar