Quanto custa um fusca em 2024? Veja preço dos modelos mais comuns

O Fusca é um dos carros mais emblemáticos da história automobilística e até hoje é bastante desejado pelos brasileiros. Lançado em 1935, o modelo conquistou o mundo com seu design simples e eficiente. Mas quanto custa um Fusca em 2024?

Quanto custa um Fusca em 2024 - Foto: Divulgação
Quanto custa um Fusca em 2024 – Foto: Divulgação

 

Quanto custa um Fusca em 2024?

Varia de acordo com o Ano, mas é possível encontrar modelos por menos de R$ 10 mil até ultrapassando os R$ 100 mil. 

A Tabela FIPE, índice de preços de veículos novos e usados no Brasil, não define os preços para os modelos mais antigos, de 1965 até 1984. 

Veja quais os anos tabelados

  • 1985 – R$ 22.959

  • 1986 – R$ 25.005

  • 1987 – Preço indisponível

  • 1988 – Preço indisponível

  • 1994 – R$ 39.558

  • 1995 – Preços de R$ 26.111 a R$ 41.120

  • 1996 – Preços de R$ 26,846 a R$ 48,663

  • 1995 –  Preços de R$ 26,111 a R$ 41,120

  • 1994 – Preços de R$ 39,558 a R$ 39,558

No entanto, é importante ressaltar que a Tabela FIPE é apenas uma referência. O preço real de um Fusca pode variar de acordo com o ano de fabricação, quilometragem, estado de conservação e região do país.

Veja alguns modelos customizados.

Preços praticados no mercado

Em uma pequena pesquisa pelos marketplaces de carros é possível verificar modelos de diferentes valores. De R$ 7 mil com algumas “coisas para fazer” até mais de R$ 100 mil, mas impecável. 

De acordo com um levantamento feito pela plataforma de vendas OLX, o Fusca mais procurado no site é do ano 1975 e representa 36,9% das vendas do modelo.

Fusca - Foto: Divulgação
Fusca – Foto: Divulgação

 

Na plataforma, os preços desses exemplares variam de R$ 13 mil a R$ 40 mil, no entanto os exemplares com placa preta superam os 50 mil. 

A linha 1975 conta com motor traseiro 1.3 aspirado de 46 cv e 9,1 kgfm e câmbio manual de quatro marchas. 

Fatores que influenciam o preço do Fusca

Alguns fatores influenciam no preço do Bizorrão. São eles:

  • Ano de fabricação: quanto mais antigo o modelo, mais caro ele tende a ser caso esteja em boas condições. 

  • Quilometragem: quanto menor a quilometragem (inclusive de motor novo) mais caro o modelo tende a ser.

  • Estado de conservação: quanto melhor o estado de conservação, mais caro o modelo tende a ser.

  • Placa preta: a placa preta é de carro clássico de coleção e também é um diferencial. 

  • Região do país: os preços do Fusca podem variar de acordo com a região do país. Geralmente nos grandes centros tende a ser mais barato e nas regiões litorâneas é mais barato por conta da maresia.

 

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar