Tags

Notícias

Preço do etanol tem variação de 22% no Sudeste

Créditos: Pixabay
13 novembro, 2020
Da Redação, com assessoria

De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), a Região Sudeste teve variação de 22% no preço do etanol entre os estados ao longo de 2020. O combustível atingiu o pico do valor em janeiro, quando foi comercializado a R$ 3,697, e o menor em maio, a R$ 3,030. O mês de outubro segue se aproximando das médias do início do ano e o litro foi encontrado a média de R$ 3,363 nas bombas.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Variação do preço do etanol

Embora o preço da região para o etanol tenha figurado como o segundo mais barato do País, o combustível aumentou 1,72% frente ao mês de setembro. Ao entrar no comparativo dos estados, São Paulo liderou com o etanol mais barato de todo o País, fechando em R$ 2,786.

O etanol mais caro foi o encontrado no Rio de Janeiro, média nas bombas de R$ 3,881. O combustível divide a Região Sudeste na relação 70/30, sendo mais vantajoso em Minas Gerais e em São Paulo. “É possível notar essa vantagem do etanol nos estados desde o mês de maio e este é o comportamento que se mantém até agora, no final de outubro. Para o Rio de Janeiro e o Espírito Santo, a gasolina segue valendo mais a pena para os motoristas”, afirma Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Gasolina

Mesmo compensando mais no estado do Rio, a gasolina apresentou os maiores valores nas bombas fluminenses e fechou o mês de outubro com a média de R$ 4,935 e um aumento de 0,5% frente ao mês de setembro. Já São Paulo teve a gasolina mais barata de toda a região, sendo encontrada a R$ 4,250 e aumento de 1,2% no preço com relação ao mês passado.

LEIA MAIS: Caoa Chery lança promoção com supervalorização de usado na troca pelo Arrizo 6

Recall: Kawasaki chama Ninja H2 SX SE por problema no módulo de injeção

Diesel

O diesel comum e o diesel S-10 apresentaram queda nos preços em todos os estados, com relação a setembro. O maior recuo foi registrado no Rio de Janeiro para o diesel (1%) e o maior para o diesel S-10, em São Paulo (0,8%).

O estado que apresentou as maiores médias para ambos os combustíveis foi Minas Gerais, que figurou com R$ 3,610 para o diesel comum e R$ 3,692 para o diesel S-10 no mês de outubro. São Paulo liderou com os mais baratos – R$ 3,396 e R$ 3,475, respectivamente.

E por falar em combustível, confira na galeria qual é o consumo dos modelos populares mais vendidos no Brasil.

 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.