Preço do diesel registra leve aumento na primeira quinzena de junho; veja

senador Jean Paul Prates (PT-RN)
PL prevê fundo reserva para estabilizar o preço dos combustíveis (Foto: Pixabay)

Antes do aumento para o combustível para as distribuidoras anunciado pela Petrobras nesta sexta-feira (17), de 14,26%, o preço do diesel vinha em relativa estabilidade nas bombas dos postos do País. 

Na primeira quinzena de junho, o preço médio do litro do diesel comum sofreu um aumento de 0,54% em relação ao fechamento de maio. O diesel S-10 também registrou ligeira alta, de 0,50%. Os combustíveis foram comercializados a R$ 7,21 e R$ 7,32, respectivamente, nos primeiros dias de junho. 

Os dados fazem parte do mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). “No levantamento atual, todas as regiões do País ainda apresentam aumento no valor de ambos os tipos, quando comparado ao mês anterior”, aponta Douglas Pina, diretor-geral da Divisão de Frotas e Mobilidade da Edenred Brasil, reponsável pela apuração do índice.

VEJA TAMBÉM

Região Sul registra aumento de 1,07% no preço do diesel comum

Aumento do preço do diesel supera os 20% em 2021; veja os dados
Imagem ilustrativa

No balanço regional, assim como no fechamento anterior, o Norte liderou o ranking dos preços médios mais caros, tanto para o tipo comum quanto para o S-10. Os combustíveis foram distribuídos nas bombas a R$ 7,49 e R$ 7,61. O cenário inverso foi registrado nos postos da Região Sul, que comercializaram o tipo comum e o S-10 pelo menor preço médio do País, a R$ 6,80 e R$ 6,87, respectivamente.

Quando comparado ao mês de maio, a Região Sul registrou o maior aumento para o diesel comum (1,07%), seguida de Sudeste (0,94%), Norte (0,82%), Centro-Oeste (0,35%) e Nordeste (0,08%). 

O Sul também liderou o ranking de aumento de preços para o tipo S-10, com variação de 0,70%, seguido por Norte (0,67%), Sudeste (0,57%), Centro-Oeste (0,51%) e Nordeste (0,26%).

Acre sofre maior elevação e registra o preço mais alto entre os Estados

Na análise por Estado, o Acre, além de registrar as maiores médias para o diesel comum, comercializado a R$ 7,91, também apresentou o maior aumento no preço em relação ao fechamento anterior (1,85%). O mesmo cenário foi registrado para o diesel S-10, distribuído a R$ 7,94 nas bombas acreanas, com aumento de 1,98%, quando comparado a maio, maior alta entre os Estados.

Em contrapartida, o Rio Grande do Sul apresentou o menor preço médio para ambos os combustíveis, que foram distribuídos a R$ 6,73 o tipo comum e a R$ 6,81 o tipo S-10. 

A Bahia se destacou com a maior redução no valor dos dois tipos de diesel: 2,39% para o comum, que passou de R$ 7,53 para R$ 7,35; e de 2,23% para o S-10, que passou de R$ 7,64 para R$ 7,47.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log. Sua relevância é devida ao tamanho da amostra do levantamento. A marca administra, ao todo, cerca de 1 milhão de veículos em todo o território nacional, com uma média de oito transações por segundo.

Preços da gasolina e do diesel
Preço do diesel continua em alta contínua (Foto: Divulgação/Petrobras)

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Silveira
Paulo SilveiraJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar