Pontos a comparar antes de fechar contrato de financiamento de carros 

financiamento ou consórcio
Foto: Proteste
publicidade

Comprar carros por financiamento não é tarefa fácil. É algo que exige muito planejamento para dar certo. Parte importante desse plano é analisar e comparar as opções visando escolher aquela que melhor atenda às suas necessidades.

Confira abaixo seis pontos importantes que devem ser considerados na hora de comparar os financiamentos para que você tenha condições de fechar o melhor negócio.

publicidade
Seu carro desvalorizou na hora da avaliação? Entenda o porquê!
(Imagem Ilustrativa)

Veja os 6 pontos a comparar antes de fechar contrato de financiamento de carros

1 – Valor final do financiamento

O primeiro ponto a ser observado quando for comprar financiamentos automotivos é ver qual é o valor final de cada contrato. Esse não é o único elemento que influencia no seu bolso, mas é um dos mais importantes.

VEJA TAMBÉM

O valor final do financiamento de carros é o total que você precisará pagar referente ao empréstimo para o banco ou financeira que cedeu o crédito. Isso inclui o valor emprestado com adição dos juros.

publicidade

É importante lembrar que você tem algumas opções para alterar esses valores dependendo de cada caso. Pagar o automóvel sem entrada, por exemplo, resultará em um valor final maior, pois o saldo devedor inicial será bem grande e os juros compostos aumentarão a dívida. Já com uma boa entrada, provavelmente terá um valor final menor.

2 – Prazos estabelecidos

O financiamento de carros é um tipo de contrato cujo prazo para quitação é bastante importante. Ele não chega a ter o mesmo impacto do financiamento imobiliário ou de outro tipo de empréstimo de longuíssimo prazo (30 anos).

publicidade

Isso porque o prazo para pagar influencia o valor final do financiamento, mas afeta suas condições de pagamento. Por exemplo, por lei, só é permitido que o valor da parcela de um financiamento seja de 30% da renda bruta mensal da pessoa, podendo ser somada com a do cônjuge.

Portanto, pode ser que um financiamento de dois anos gere uma parcela que ultrapasse esse limite. Contudo, um prazo de dois anos e meio resulta uma parcela menor, que cabe nos 30% – mesmo que o valor final seja um pouco maior.

ipva restituição passo a passo
(Imagem: Reprodução)
publicidade

3 – Valor da parcela mensal

Além do limite de 30% da renda, existe outro ponto importante a se cogitar na hora de avaliar o valor da parcela mensal: como ela é calculada. Existem dois métodos de amortizar uma parcela de financiamento: a Tabela Price e a Tabela SAC.

Na Tabela Price, as parcelas do financiamento são fixas durante todo o período. Dessa forma, resulta em um valor final maior, mas gera mais estabilidade. Além disso, as parcelas tendem a ser um pouco menores, sendo um método de amortização indicado para quem tenha renda mensal menor ou um orçamento com pouca folga.

Do outro lado, a Tabela SAC começa o financiamento com parcelas maiores. No entanto, elas vão diminuindo a cada mês, o que resulta em um valor final menor. Entretanto, é preciso ter uma renda mensal um pouco maior para optar por esse sistema.

publicidade

4 – Custo efetivo total

Olhar apenas para o valor final do financiamento não é o método mais eficaz de verificar qual opção é a melhor para você. Na verdade, é importante analisar também o custo efetivo total do empréstimo.

Esse valor é apresentado em porcentagem pelo banco ou pela financeira e inclui não só o montante do empréstimo e os juros, mas outras taxas que tenham sido contratadas pelo cliente, como o seguro. Por isso, é uma métrica precisa para quem quer saber qual opção de financiamento é a mais vantajosa.

Desconto no IPVA 2022 pode chegar a 36% no Amazonas
(Foto: Freepik)
publicidade

5 – Condições especiais

Um importante conceito sobre financiamento de automóveis é que alguns bancos ou financeiras oferecem condições especiais aos clientes. Essas condições podem ir desde uma aprovação de crédito mais rápida até avaliação da proposta feita online, sem necessidade de ir à agência. Além dessas opções, existem ainda outras que são relevantes para os consumidores.

Essas condições especiais são importantes de avaliar porque oferecem flexibilidade ao consumidor. Em alguns casos, as condições são até mais relevantes do que outros elementos, como o valor total ou o valor das parcelas.

Por exemplo, alguém que precisa do financiamento em poucos dias para começar a trabalhar como motorista de aplicativo pode preferir uma parcela maior em troca de uma aprovação mais rápida.

publicidade

Portanto, é importante avaliar bem as necessidades e priorizar as condições que possam fazer sentido para cada caso.

6 – Reputação da operadora

É importante analisar a reputação da operadora do financiamento, seja um banco, seja uma financeira. Isso porque uma empresa conhecida e com uma reputação idônea traz mais segurança e confiança ao consumidor.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Veja alguns mitos sobre financiar carros
(Foto: Freepik)
publicidade

Com informações do Banco BV

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Silveira
Paulo SilveiraJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar