Paralisação da fábrica da Yamaha resulta em menos vendas em outubro

Motos Yamaha perdem posição no ranking das mais vendidas

Até o início da semana, o ranking das motocicletas mais vendidas no mercado nacional, a Honda dominou as sete primeiras colocações. A Yamaha segue com dificuldades devido ao período de paralisação que enfrentou até o último dia 24. Entenda os detalhes e confira o ranking das dez motocicletas mais vendidas na primeira quinzena.

Motos Yamaha perdem posição no ranking das mais vendidas
A Honda CG 160 é a moto mais vendida até o momento (Foto: Honda)

Paralisação da fábrica da Yamaha: marca fica em oitavo lugar nas vendas de outubro

Até a último domingo, 17, a Yamaha estava posicionada em oitavo lugar no ranking de motocicletas mais vendidas no mês. A Honda, sua principal concorrente dominou as primeiras sete colocações, bem como o nono lugar. A Yamaha também está presente em décimo lugar.

Os resultados podem ser consequência dos 16 dias de paralisação que a montadora japonesa enfrentou entre os dias 9 e 24 de setembro, em sua linha de montagem no Polo Industrial de Manaus, no estado do Amazonas.

VEJA TAMBÉM

Veja as motos mais vendida até o momento

  1. Honda CG 160 – 13.922
  2. Honda Biz – 7.297
  3. Honda NXR 160 Bros – 6.205
  4. Honda Pop 110i – 4.295
  5. Honda CB 250F Twister 1.848
  6. Honda XRE 125 – 1.380
  7. Honda Elite 125 – 1.272
  8. Yamaha YBR 150 Factor – 1.122
  9. Honda PCX 150 – 1.092
  10. Yamaha XTZ 150 Crosser – 974

Honda e Yamaha conquistaram bons resultados em setembro

Vale destacar que em setembro, a montadoras obteveram bons números em vendas. Ao todo, a montadora emplacou 19.898 unidades, o que a deixou em segundo lugar, atrás apenas da Honda, que atingiu um total de 82.019 unidades emplacadas.

Aproveite e veja também: Renault Sandero 2022 tem preços acessíveis com visual modernizado

Abraciclo revê as projeções para o ano

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, a Abraciclo, revisou as projeções de produção de motocicletas para 2021.

A nova estimativa é que as fábricas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) produzam 1.220.000 motocicletas, o que corresponde a um crescimento de 26,8% na comparação com o ano passado, quando 961.986 unidades saíram das linhas de montagens. A perspectiva inicial, apresentada no início do ano, era de 1.060.000 motocicletas. De janeiro a setembro, foram produzidas produziu 896.558 unidades.

O presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, afirma que uma série de fatores levaram a associação a rever os números.

“Depois de enfrentar um primeiro bimestre complicado devido à segunda onda do coronavírus que atingiu a cidade de Manaus, as unidades fabris registram uma curva de aceleração das produções e cumprem o seu planejamento”, diz. “Aliado a isso, temos um mercado bastante aquecido, pois a motocicleta hoje é instrumento de trabalho e opção de deslocamento seguro para evitar a aglomeração do transporte público”, completa.

Yamaha Factor 150 2018 |Foto: Divulgação – Paralisação da fábrica da Yamaha

Fermanian destaca que com a nova previsão, o setor deve ficar próximo ao patamar de 2015, quando foram fabricadas 1.262.708 motocicletas.

A Abraciclo também revisou as projeções para os volumes de vendas e exportação. A nova estimativa é de que sejam comercializadas 1.140.000 motocicletas, alta de 24,6% em relação às 915.157 unidades emplacadas em 2020. Já para as exportações, a perspectiva é de que sejam embarcadas 51.000 motocicletas, volume 51,1% superior ao registrado no ano passado (33.750).

A perspectiva anterior, também apresentada no início do ano, era de que os licenciamentos somariam 980.000 unidades e as exportações totalizariam 40.000 motocicletas.

Motos Yamaha perdem posição no ranking das mais vendidas
Honda CH 160 Start (Foto: Divulgação)

 

 

 

 

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar