Ouvir música alta no carro faz mal aos ouvidos

Notícias 16 de dezembro de 2016 Maria Beatriz Vaccari 0

Ouvir música no carro é uma das melhores formas de enfrentar o trânsito diário das grandes cidades. Apesar de ser algo bacana, existem motoristas que exageram e andam por aí com o som no último volume. Além de incomodar as pessoas, esses condutores estão colocando sua saúde auditiva em risco.

O som reproduzido em ambientes fechados (como o carro) não se propaga. Essa concentração sonora causa danos às células do ouvido e nervos internos da orelha. “Com a exposição intensa a altos volumes sonoros, as células vão morrendo. Como elas não são regeneradas pelo organismo, a audição vai diminuindo de forma lenta, mas progressiva. É o que se denomina Perda Auditiva Induzida por Nível de Pressão Sonora Elevada (PAINPSE). Ela é irreversível e pode se agravar ao longo dos anos”, conta a fonoaudióloga Isabela Carvalho, da Telex Soluções Auditivas.

A especialista destaca que o volume do rádio não deve ultrapassar 85 decibéis. “Para saber se a altura do som está dentro do indicado o motorista precisa conseguir ouvir o que os outros passageiros falam, inclusive no banco de trás, além de escutar bem os barulhos externos ao veículo”, orienta a fonoaudióloga.