O futuro dos carros a diesel; confira o que esperar do mercado

Os carros a diesel vão acabar? Futuramente, o combustível deverá representar uma mínima parcela dos carros comercializados
(Foto: Freepik)
publicidade

Com o alto preço do diesel e a tendência da adoção de motorizações turboflex em carros off-road e 4×4 nos fazem pensar em qual será o futuro do combustível. É certo que ele ainda permanecerá presente em certos segmentos da indústria. No entanto, o diesel pode representar uma parcela ainda menor em outras categorias, como os SUVs, por exemplo.

Os carros a diesel vão acabar? Futuramente, o combustível deverá representar uma mínima parcela dos carros comercializados
Os carros a diesel vão acabar? Futuramente, o combustível deverá representar uma mínima parcela dos carros comercializados (Foto: Pixabay)
publicidade

Haverá espaço para os carros a diesel no futuro?

Veículos que necessitam de mais potência, mais fortes, robustos e com pré-disposição para trechos fora de estrada geralmente dispõem de motor movido a diesel, como picapes médias, SUVs e claro, os carros comerciais.

No entanto, é certo que com a adoção de novas tecnologias, bem como o crescimento constante os carros eletrificados no mercado, o combustível terá um nicho mais restrito. Além disso, novas leis que visam a redução de poluentes provenientes da queima de combustíveis fosseis também colaboram para o novo cenário.

VEJA TAMBÉM

A ação da Jeep de retirar as versões a diesel da linha mais recente do Renegade pode ser usada como comprovação do fato. O SUV que era comercializado com motor flex 4×2 e diesel 4×4, agora é vendido inteiramente em configurações Turbo Flex 4×2 ou 4×4.

publicidade

De acordo com a montadora, além das novas regras do Proconve L7, a decisão se deu pelo fato de que as versões movidas a diesel representavam uma pequena parcela (7%),  do total de vendas do SUV que foi o mais vendido de 2021.

A prática adotada pela marca pode se estender aos demais carros da montadora, como Jeep Compass, por exemplo.

publicidade

Também é possível que a tendência seja aplicada por outros veículos, a começar por marcas pertencentes ao mesmo grupo automotivo que a Jeep, como é o caso da Fiat, que já compartilha motorização com os carros da montadora norte-americana e que está sob o mesmo guarda-chuva: a Stellantis.

Os carros a diesel vão acabar? Futuramente, o combustível deverá representar uma mínima parcela dos carros comercializados
Jeep extinguiu as versões com motor a diesel do Renegade (Foto: Divulgação)

Eletrificados também devem devem ser levados em consideração

Outro fator importante é o crescimento dos eletrificados. Os híbridos e elétricos cresceram 47% no primeiro semestre de 2022 no comparativo com o mesmo período de 2021. A frota que já se aproxima das 100 mil unidades também deve colaborar para a redução dos carros a diesel.

publicidade

Hoje, os SUVs são os carros que mais emplacam na categoria de eletrificados. E com o crescimento do nicho de picapes compactas, é possível que elas sigam a mesma vocação.

Alto preço também é fator que auxilia na redução dos carros a diesel

Entre as justificativas que fazem pensar sobre a redução do uso do diesel nos carros do futuro está o alto valor do combustível.

De acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a ANP, o preço médio do diesel no mercado nacional é de R$ 7,44 e de R$ 7,55 para o S10. Já a gasolina e o etanol são comercializados por R$ 5,89 e R$ 4,32.

publicidade

PL prevê o fim dos carros a diesel e a gasolina a partir de 2030

Um PL de lei mais radical prevê a extinção dos carros movidos a diesel a partir de 2030. De autoria do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), o Projeto de Lei 5332/20 tem a intenção de diminuir os poluentes causados pelos veículos equipados com motores movidos a combustíveis fosseis.

Quando apresentou a proposta ainda em 2020 o parlamentar usou como exemplo alguns países europeus que já decidiram proibir a venda dos automóveis movidos a gasolina.

“O mais recente exemplo é o Reino Unido, que resolveu proibir a venda de carros e vans equipados com motores a gasolina e diesel a partir de 2030, que anteriormente estava prevista para 2040,” diz Teixeira.

publicidade

Atualmente o PL está em tramitação e a última atualização aconteceu em março de 2021, quando foi recebido pela CDEICS, a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Os carros a diesel vão acabar? Futuramente, o combustível deverá representar uma mínima parcela dos carros comercializados
PL prevê o fim dos carros a diesel em 2030 (Foto: Divulgação)

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar