Número de emplacamentos cresce em julho, mas segue em queda no acumulado do ano

Notícias 3 de agosto de 2015 Rodrigo Loureiro 0

Dados da Fenabrave apontam que mês teve bons resultados em relação a junho

Em relatório divulgado hoje, dia 3 de agosto, pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o número de carros vendidos – e, consequentemente, emplacados – cresceu 6,92% em julho se comparado aos números de junho. No acumulado do ano, no entanto, o índice continua em queda e fecha o sétimo mês com retração de 17,87%.

Segundo a entidade, as vendas de todos os segmentos somados (incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, como carretinhas para transporte) foi de 352.423 unidades contra 329.629 em junho. Na comparação com julho de 2014, quando foram comercializados 436.673 modelos, a queda é de 19,29%.

Na relação que mede os resultados de janeiro a julho dos dois anos, o setor também teve baixa: 17,87%. No período foram emplacadas 2.405.467 unidades frente a 2.928.868 de 2014.

Se analisados somente os automóveis e os comerciais leves, houve crescimento mensal de 7,23% sobre junho, com 219.410 placas novas. Se comparado com julho do ano passado (279.789 unidades), o resultado aponta uma baixa de 21,58%. No acumulado do ano, esses segmentos caíram 20,03%. Foram comercializadas 1.489.243 unidades de janeiro a julho de 2015, contra 1.862.358 no mesmo período de 2014.

Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, lembra que a alta mensal deve-se ao maior número de dias úteis em julho ante junho (23 contra 21), mas que a média diária apresentou redução. “Na média, em dias úteis, o saldo foi negativo em 2,09% para todos os segmentos”, ressalta.

Ele ainda reafirma a posição do órgão para o restante de 2015 e aguarda um fechamento anual 20% menor para o setor. “Mantemos a nossa posição de que não ocorrerá grande mudança nas vendas de veículos nos próximos meses, mantendo, assim, as nossas projeções”, diz.