Novo Citroën C3 2022 inaugura plataforma CMP no Brasil

novo Citroën C3
O novo Citroën C3 será o primeiro carro a usar a plataforma CMP no Brasil (Foto: Divulgação/Citroën)

No último mês, o novo Citroën C3 foi anunciado oficialmente. Seu lançamento acontecerá por aqui no ano que vem, mas alguns detalhes já foram revelados. Este veículo faz parte de uma nova família de carros chamada C-Cubed e tem como destaque seu novo visual aventureiro. Além disso, o hatch será responsável pela chegada de uma nova plataforma ao Brasil.

Estamos falando da plataforma Commom Modular Platform (CMP). Você já deve ter visto falar dela anteriormente. Alguns modelos bastante conhecidos já foram concebidos sobre ela. Um bom exemplo disso é o atual Peugeot 208. No entanto, o hatch francês que costumamos ver em nossas ruas está sendo feito na Argentina.

novo Citroën C3
Fábrica em Porto Real-RJ (Foto: Divulgação/Citroën)

O novo Citroën C3 2022 será o primeiro carro a usar a plataforma CMP no Brasil

Isso faz com que o novo Citroën C3 se torne o primeiro carro do grupo Stellantis a ser feito no Brasil sobre esta plataforma. De acordo com a montadora, esta é uma das mais modernas do grupo. A marca ainda destaca sua robustez e suas qualidades, como o nível baixo de vibração, o conforto e a estabilidade.

novo Citroën C3
Plataforma CMP (Foto: Divulgação/Peugeot)

“Os produtos fabricados em nossas diferentes e modernas plataformas são complementares e distintos. A Stellantis está na vanguarda quando falamos em tecnologia no mundo e na América Latina isso não é diferente. Temos excelentes estruturas, equipamentos, laboratórios, espaços para realizar todos os tipos de testes previstos no desenvolvimento de um veículo”, comentou Marcio Tonani, Diretor do Tech Center da Stellantis para a América Latina.

“Tudo isso com equipes altamente capacitadas para conduzir cada novo projeto. Assim, os nossos consumidores sempre terão à sua disposição automóveis cada vez mais modernos e surpreendentes”, continua Tonani.

A fábrica responsável pela produção do novo modelo será a planta de Porto Real-RJ. E a empresa não poupou esforços para que a chegada da nova plataforma (que pode ser usada para carro dos segmentos B e C) seja possível. De acordo com a Stellantis, foram investidos mais de R$ 220 milhões para esta chamada “grande transformação industrial e tecnológica”.

Citroën C3 2022 (Foto: Divulgação/Citroën)

A empresa diz que o local ganhou novos robôs e um processo polivalente e flexível. O local também poderá responsável pela produção de outros dois veículos. Além disso, o desenvolvimento será na região também. Estes completarão a família C-Cubed. De acordo com o site especializado “Mobi Auto”, este novos carros feitos para o mercado internacional poderão ser um SUV e um sedã. Eles chegarão nos próximos três anos.

Detalhes do carro

novo Citroën C3
Citroën C3 2022 (Foto: Divulgação/Citroën)

Esta será a terceira geração do Citroën C3. As outras duas até que fizeram um certo sucesso por aqui. Mas este chegará completamente redesenhado. A expectativa é que ele fique abaixo do C4 Cactus.  Além do porte compacto, foi inserido alguns elementos de SUV.

Sua aparência ficou bastante alinhada com outros modelos da marca. A dianteira, por exemplo,  traz os tradicionais “duplos chevrons”. Eles formam um “Y” em suas extremidades. O conjunto óptico também são inovadores. Na parte de cima, estão as lanternas e os indicadores de direção. Já na parte inferior estão os faróis de luz alta e luz baixas.

Citroën C3 2022 (Foto: Divulgação/Citroën)

Lembrando que as luzes de condução diurna se fazem presente nas duas partes. As laterais mostram que ele tem um estilo mais aventureiro. Destaque para os painéis de proteção, os para-lamas, as molduras de rodas e a altura livre do solo elevada. Uma outra aposta da marca é na personalização.

Citroën C3 2022 (Foto: Divulgação/Citroën)

No interior, o grande destaque é a central multimídia de 10 polegadas. Os ocupantes poderão aproveitar do sistema wireless Mirror Screem. Os serviços Android Auto e Apple CarPlay também estarão a disposição dos ocupantes. Ainda não há muitas informações sobre o conjunto mecânico utilizado.

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar