Nissan Kicks Sense CVT 2022: preços e equipamentos da versão automática mais em conta do SUV

Custando 98,390, o Nissan Kicks Sense CVT é um dos poucos aventureiros 0Km que oferecem um bom conteúdo por menos de R$ 100 mil e traz um câmbio CVT (Foto: Divulgação/Nissan Brasil)

Nem sempre uma versão mais em conta de um carro é ruim. Esse é o caso do Nissan Kicks Sense CVT 2022. Sua versão com o câmbio manual vem com mais vantagens do que desvantagens.  Contudo, se você busca mais conforto para o pé esquerdo, vale a pena investir um pouco mais de R$ 8 mil reais para ficar com a opção que traz câmbio CVT.

Além do visual renovado, o japonês já traz de série um pacote de equipamentos bastante completo e um porta-malas muito bom para viagens.

Nissan Kicks Sense CVT 2022

Em março deste ano, o SUV compacto da Nissan passou por uma boa mudança no visual. Mesmo assim, manteve seu visual jovial e arrojado, Ganhou uma nova grade frontal, faróis em Full LED, novas lanternas (de LED) traseiras e para choque traseiro.

Porém, uma das boas qualidades que foram mantidas foi o seu espaço no bagageiro. Com espaço para 432 litros, ele é um dos maiores em toda a categoria.

Foto: Divulgação/Nissan Brasil

Do mesmo modo, seu conjunto mecânico também não foi afetado. O propulsor 1.6 L 16v CVVTVS Flex de quatro cilindros é o mesmo usado na versão anterior. Ele pode gerar uma potência máxima de 114 cv (gasolina e etanol) a 5.600 rpm e torque 15,5 kgfm a 4.000 rpm.

Custando R$98,390, o Nissan Kicks Sense CVT não está entre os SUV mais em conta do mercado, ainda assim é um dos poucos aventureiros que oferecem um bom conteúdo por menos de R$ 100 mil. Sem falar no bom acabamento interno. Já o câmbio utilizado por ele é o CVT XTRONIC com modo Sport.

Foto: Divulgação/Nissan Brasil

De acordo com a marca,  o veículo pode atingir a velocidade máxima é de 175 km/h com essa transmissão, além de acelerar de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos.

Preço e equipamentos de série

Ao contrário da versão Sense MT, o carro traz alguns itens de série exclusivos. Este é o caso da câmera de ré, do controle de velocidade de cruzeiro no volante, luzes de condução diurna, rodas de liga leve de 16″ e sensor do estacionamento traseiro.

Foto: Divulgação/Nissan Brasil

No mais, ele vem com um a lista bastante interessante de itens de série. Destaque para: seis airbags, ar-condicionado, acendimento inteligente dos faróis, banco do motorista com ajuste de altura, bancos dianteiros com tecnologia Gravidade Zero, central multimídia de sete polegadas (com Android Play e Apple CarPlay), Bluetooth, 4 alto-falantes, controle de tração e estabilidade, direção elétrica, freios ABS com EBD. lanternas traseiras em LED, luz de freio em LED, limpador de para-brisa dianteiro (e traseiro) com controle intermitente variável, luz de freio em LED, sistema inteligente de partida em rampa, vidros (com sistema one-touch) e travas elétricas, volante com regulagem de altura e volante multifuncional (controle audio e telefone).

Consumo

Por fim, outro ponto positivo é o seu consumo. Segundo dados do Inmetro, ele  faz 11,4 km/l (gasolina e 7,7 km/l (etanol) na cidade. Já no perímetro rodoviário, ele roda 13,7 km/l (gasolina) e 9,4 km/l (etanol).

 

 

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde abril de 2021. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar