Mercedes-Benz confirma venda de fábrica para Great Wall, diz agência

carros
Fábrica em Iracemápolis (SP). Foto: reprodução Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz confirmou a venda da fábrica de Iracemápolis, no interior de São Paulo, para a montadora chinesa Great Wall Motors (GWM). Uma negociação que já havia sido comentada pela agência Reuters. Saiba mais!

mercedez-bens
Foto: Divulgação / Great Wall

Mercedes-Benz X GWM

“Com a transformação da Companhia e o realinhamento da capacidade produtiva da nossa rede global de produção, estamos aumentando de forma sustentável a nossa eficiência produtiva. Com a Great Wall Motors, encontramos um comprador que dará à fábrica de Iracemápolis e região uma nova perspectiva para o futuro”, diz Jörg Burzer, Membro do Conselho de Administração da Mercedes-Benz AG, responsável pela Gestão da Cadeia de Produção e Abastecimento.

A Mercedes ainda, ainda, que a venda da fábrica não compromete a rede de automóveis da marca no país, que continuará operando normalmente. Bem como não impactará na produção de caminhões e ônibus no Brasil.

Vale destacar que a Mercedes-Benz opera nas plantas de São Bernardo do Campo e Juiz de Fora. Além disso, co a venda, a Daimler mantém também a operação de peças e componentes em Campinas – além do campo de provas e centro de testes em parceria com a Bosch em Iracemápolis.

A parte vendida para a Great Wall Motors compreende todos os prédios da planta de produção. Assim como o maquinário e todos os equipamentos de operação da unidade, distribuídos numa área de 1,2 milhão de metros quadrados.

Foto: Divulgação / Great Wall

Fique por dentro: as últimas notícias sobre o setor automotivo

Produção de veículos para o mercado nacional e latino-americano

Com a aquisição, a GWM poderá iniciar em breve a produção de veículos para o mercado nacional e latino-americano. Assim, com a possibilidade de iniciar com a picape média Haval Poer e o SUV médio Haval H6, entre outros.

Enquanto isso, a marca chinesa apenas atua nas redes sociais, buscando aproximação com potenciais clientes brasileiros. Não se sabe ainda, no entanto, se iniciará com importação e depois produção ou se passará direto para esta última.

Com a planta vendida, a Great Wall deverá fazer modificações para adaptá-la aos produtos que irá fabricar, assim como providenciar treinamento da mão de obra local, já especializada em automóveis, assim como trazer da China ou do país, fornecedores para a região.

 

Via agência Reuters e Noticiasautomotivas

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Erica Franco
Erica FrancoJornalista por formação com mais de 15 anos de experiência em redação geral e automobilística. Passagens pelo caderno "Máquina e Moto" do Jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros. Atualmente dedica-se a função de editora do portal Garagem360, apurando notícias do universo automotivo e garantindo o padrão de qualidade dos conteúdos veiculados.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar