Tags

Notícias

Latin NCAP divulga novos resultados de testes de impacto

Créditos: Foto: Divulgação
16 novembro, 2015
Da Redação, com assessoria

Honda conseguiu cinco estrelas para três modelos, e carro da Chevrolet decepcionou com pontuação zero

Foto: Divulgação
|Foto: Divulgação
Latin NCAP avaliou modelos da Honda, da Volkswagen, da Ford e da Chevrolet

Os últimos resultados de testes de batida do Programa de Avaliação de Carros  Novos para a América e o Caribe (Latin NCAP) foram anunciados hoje, dia 16 de novembro. Desta vez foram avaliados três modelos da Honda (Fit, City e HR-V), um da Volkswagen (Vento, fabricado na Índia), um da Ford (Ka) e um da Chevrolet (Aveo).

No caso da montadora japonesa, o Fit e o City ganharam cinco estrelas para a proteção dos ocupantes adultos e quatro estrelas para a proteção do ocupante infantil. Já o HR-V atingiu cinco estrelas tanto para o ocupante adulto quanto para o infantil.

Segundo a Latin NCAP, as estruturas dos veículos mostraram um desempenho estável, bem como elementos avançados que permitiram oferecer bons níveis de segurança. Os cintos de segurança, os pretensores e os airbags proporcionaram proteção de adequada para boa à cabeça, peito e pescoço dos passageiros da frente. Além disso, os três modelos contam com ancoragens ISOFIX, que melhoram os níveis de segurança para as crianças.

Foto: Divulgação
|Foto: Divulgação
Honda City obteve cinco estrelas para a proteção dos ocupantes adultos

O automóvel da Volkswagen escolhido para participar dos testes foi o Vento, versão sedã do Polo europeu e produzido da Índia – ele não está à venda no Brasil. Este modelo obteve cinco estrelas para o ocupante adulto e três para o ocupante infantil.

Ele conta com ancoragens ISOFIX que, combinadas com sistemas de retenção infantil (SRI), proporcionaram um bom desempenho no teste dinâmico. As três estrelas foram dadas devido às dificuldades para a instalação dos SRI, mas que quando foram conectados funcionaram bem, e porque a sinalização dos ISOFIX não cumpria com os requerimentos do Latin NCAP.

O Ford Ka, por sua vez, alcançou quatro estrelas para o ocupante adulto e três estrelas para o infantil, mesmo com SRI instalados e utilizando ancoragens ISOFIX. Pelos dados divulgados, o desempenho dinâmico foi bom, mas o problema é que a montadora continuar a oferecer cintos de dois pontos na posição central no banco de trás.

Por fim, a versão básica do Chevrolet Aveo, comercializado no México sem airbags, obteve zero estrela para o ocupante adulto e duas estrelas para o ocupante infantil. Sua estrutura foi considerada como instável e sem capacidade para suportar cargas maiores. A conclusão da avaliação foi de que o motorista registrou alto risco de obter lesões de perigo de vida.

Foto: Divulgação
|Foto: Divulgação
Chevrolet Aveo registrou os piores resultados dos testes do Latin NCPA

O mesmo modelo foi testado pelo Euro NCAP, em 2006, sob as mesmas condições de teste, porém, lá, ele contava com duplo airbags. Mesmo assim, na época, foi constatado que “a compressão do peito do motorista indica um inaceitável alto risco de lesões que ameaçam a vida”.

“Estamos extremadamente preocupados pelo pobríssimo desempenho obtido pelo Aveo nos últimos testes, especialmente por ser um veículo tão vendido em países como o México. Este resultado não é isolado, há cinco anos que a Chevrolet vem se saindo negativamente em nossos testes em relação aos modelos de venda massiva. Em nossa recente classificação (ranking) de fabricantes, conforme a segurança oferecida, analisando mais de 60 modelos testados, ela é o fabricante global com pior desempenho”, comenta Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP

 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.