O novo Land Rover Defender passou por uma bateria de testes de pré-produção no Quênia.  O veículo encarou regiões montanhosas, com lama e rios, enquanto carregava uma carga pesada de suprimentos.

LEIA MAIS: Land Rover comemora 30 anos do Discovery com edição limitada
Land Rover Velar ganha versão com motor de 550 cv

A avaliação foi feita na região de Borana, que abriga 14 mil hectares de reserva natural. Para encarar o desafio, o carro foi equipado com uma entrada de ar elevada e caracterizado para conseguir  se camuflar durante os testes.

O programa de testes permitiu à Tusk, uma organização que trabalha em favor da vida selvagem na África, utilizar o veículo em situações desafiadoras, no meio das reservas naturais. Com o novo Defender, os especialistas conseguiram andar por áreas íngremes e atravessar rios, além de levar seus suprimentos para cuidar dos animais.

A ação ajudou os veterinários a trocar a coleira de rastreamento de um leão, já que, com a camuflagem do automóvel, foi possível atirar um tranquilizante no bicho sem alarmá-lo.  Vale destacar que a Jaguar Land Rover está promovendo uma campanha para conter a diminuição da espécie no continente africano.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Confira o vídeo do teste do novo Land Rover Defender, numa área de preservação de leões no Quênia.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *