Itens que precisam ser verificados ao comprar carro seminovo e que são deixados de lado

Já verificou o motor, câmbio, se não danos estruturais, indícios de batidas e demais questões relacionadas à documentação do veículo?

Ótimo, você fez o dever de casa, mas agora vamos aos itens que precisam ser verificados ao comprar carro seminovo e que podem ser deixados de lado.

São itens considerados comuns, alguns nem são mais obrigatórios, porém se você tiver no carro, eles precisam estar em boas condições de uso.

Para ajudar neste momento, o Auto Shopping Internacional de Guarulhos e o superintendente Leonardo Furtado prepararam um conteúdo bem interessante. 

Veja quais itens verificar ao comprar carro seminovo para não levar multa ou ficar na estrada - Foto: Freepik
Veja quais itens verificar ao comprar carro seminovo para não levar multa ou ficar na estrada – Foto: Freepik

 

O que é preciso saber antes de comprar um carro seminovo?

Além do motor, câmbio, documentação e condições gerais do veículo, é importante avaliar alguns itens. São eles:

Palhetas

Um dos equipamentos que quase ninguém repara são as palhetas do limpador de parabrisa. São itens enquadrados como obrigatórios, de acordo com a Resolução 14/1998 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Circular com palhetas quebradas, ressecadas e que não cumprem a função como deveriam é considerado infração grave pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com multa de 195,23 reais e 5 pontos na carteira.

Reservatório do limpador

Outro ponto que merece atenção, mas acaba sendo negligenciado é o reservatório do limpador. Primeiro, é preciso verificar se não está quebrado, o que pode levar a vazamentos.

Isso porque é preciso manter o reservatório do limpador sempre cheio. Caso não esteja, o motorista pode ser multado em 195,23 reais e 5 pontos na carteira, já que é considerado infração grave e também pode levar ao recolhimento do veículo até que a situação seja resolvida.

 

Faróis 

Faróis opacos ou desregulados e placas desgastadas fazem parte da lista que precisa de atenção ao escolher o seminovo. 

“Muita gente esquece de olhar para isso, mas esses itens precisam sair da loja em ordem. O cliente também pode negociar com o lojista para fazer o reparo.

Os faróis irregulares são considerados infração média, no valor de 130,16 reais, e quatro pontos na CNH, já a placa ilegível é gravíssima e gera, além da multa de 293,47 reais, sete pontos e o recolhimento do veículo até a regularização”, alerta Leonardo Furtado, superintendente do empreendimento.

Extintor de incêndio

Outro item que costuma ficar escondido, mas que precisa de vistoria na hora da negociação é o extintor de incêndio. Apesar de não ser mais obrigatório, o extintor é recomendado.

Extintor de incêndio não é obrigatório, mas se usar deve estar em perfeitas condições - Foto: Freepik
Extintor de incêndio não é obrigatório, mas se usar deve estar em perfeitas condições – Foto: Freepik

 

No entanto, se você o leva consigo saiba que ele precisa estar dentro da validade e em condições adequadas de uso. 

Do contrário, o condutor que portar um extintor com prazo de validade vencido pode ser multado em 195,23 reais, além de 5 pontos na carteira. 

Estepe e equipamentos de segurança

E por último e não menos importante é preciso verificar o estepe e os equipamentos de segurança: 

  • macaco
  • chave de roda 
  • triângulo de sinalização luminosa. 

Além de obrigatórios, são muito úteis em uma emergência na estrada, por exemplo. Andar sem eles é infração gravíssima com multa no valor de R$191,54.

 

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar