Honda confirma primeira morte por conta dos airbags da Takata no Brasil

Notícias 17 de fevereiro de 2020 Leo Alves 0

A Honda confirmou a primeira morte por conta dos airbags da Takata no Brasil. Na última sexta-feira (14), a marca divulgou um comunicado sobre este caso. O acidente aconteceu no Rio de Janeiro (RJ) em um Honda Civic LXS 2008. Segundo a perícia, houve uma ruptura anormal do insuflador da bolsa inflável do motorista, causando ferimentos fatais no condutor.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link

Porém, de acordo com a marca japonesa, o modelo acidentado foi convocado para realizar o recall em 2015. Entretanto, contrariando a recomendação da fabricante, o veículo não foi levado para realizar a substituição das bolsas infláveis defeituosas.

Caso airbags da Takata

Por conta de um defeito de fabricação, milhões de carros no mundo todo foram equipados com os airbags problemáticos da Takata, que era a maior fabricante desses equipamentos de segurança no mundo. Em caso de colisão, fragmentos metálicos podem ser disparados pelas bolsas, com o risco de causar ferimentos nos ocupantes dos veículos. Até o momento, cerca de 20 mortes já ocorreram em todo o planeta por conta deste defeito.

Comunicado da Honda

Abaixo, confira o comunicado da marca japonesa sobre o acidente fatal no Brasil.

Em 12/02/2020, a Honda tomou conhecimento de um acidente no Rio de Janeiro, envolvendo o veículo New Civic LXS 2008, que resultou na morte do motorista. A perícia determinou que houve a ruptura anormal do insuflador do airbag Takata, causando ferimentos que levaram à morte do motorista.

A Honda expressa suas sinceras condolências e solidariedade aos familiares e amigos da vítima e ofereceu atendimento e suporte à família.

Esta é a primeira ocorrência fatal provocada por ruptura do insuflador de airbag Takata no Brasil. A Honda já comunicou as autoridades competentes e seguirá colaborando disponibilizando as informações sobre a ocorrência.

A Honda Automóveis do Brasil tem desenvolvido, desde 2010, uma série de iniciativas pioneiras para alertar e sensibilizar seus clientes sobre a importância e a urgência de atender aos recalls de airbags Takata instalados em seus veículos.

O veículo em questão foi convocado para o recall em 2015 para troca do insuflador do airbag do lado do motorista. Infelizmente, o veículo não foi levado a uma concessionária para o reparo.

Pautada por seu princípio de respeito aos clientes, a Honda enfatiza que a proteção dos motoristas e passageiros dos veículos da marca é a prioridade da empresa e solicita a  todos os proprietários para checarem se seus veículos estão incluídos nos recalls do insuflador do airbag Takata acessando www.honda.com.br/recall. O agendamento pode ser feito pelo mesmo site ou pela Central de Atendimento: 0800-701-3432.

LEIA MAIS: Guia de carros PcD: confira os preços e equipamentos das versões exclusivas ao público com deficiência

Saiba qual carro fazia sucesso no ano em que você nasceu

Na galeria, confira alguns carros chamados para recall nos últimos meses.

Nenhum comentário até agora.

Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *