Great Wall Motor no Brasil deve começar com híbridos e elétricos em breve

Great Wall
Carros híbridos e elétricos podem estar na gama inicial da Great Wall no Brasil (Foto: Divulgação/Wey)

Se o ano de 2021 foi bastante movimentado no mercado automotivo, o próximo também promete ser de grandes novidades. Uma delas é a chegada da Great Wall Motor no Brasil. A grande marca chinesa já adquiriu sua fábrica aqui no Brasil e também registrou alguns veículos no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). De acordo com dirigente, a gama inicial contará com carros híbridos e elétricos.

Quer saber mais? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais notícias, vídeos, comparativos e testes automotivos que te levam ao melhor negócio automotivo clicando aqui.

Great Wall
ORA Good Cat (Foto: Divulgação/ORA)

Carros híbridos e elétricos podem estar na gama inicial da Great Wall no Brasil; entenda!

Quem disse isso foi Pedro Bentancourt, diretor de relações externas e governamentais da marca, em entrevista ao site Automotive Business. De acordo com o dirigente, carros mais sustentáveis já serão colocados a venda pela marca desde o início das operações. Os nomes não foram revelados pelo mesmo. Entretanto, ele confirma que alguns carros eletrificados serão feitos no Interior de São Paulo. Outros serão importados.

“A estratégia global da Great Wall está baseada na inovação constante, e no Brasil não será diferente. Portanto, não teremos produtos tropicalizados, que são destinados só ao Brasil. Vamos oferecer aqui o que temos de melhor lá fora. Por isso é natural que tenhamos híbridos e elétricos por aqui”, explica o diretor.

Haval H6 (Foto: Divulgação/Haval)

Esta é uma das grandes histórias do ano no setor. Já se passaram dois meses desde que a informação da compra da fábrica da Mercedes-Benz, em iracemápolis-SP, pela grande fabricante asiática foi divulgada. A expectativa é que a chinesa invista R$ 4 bilhões nesta operação. Por aqui, a marca chamará Great Wall Motor Brasil Ltda. (nome registrado na Jucesp).

Bentamcourt também detalhou alguns detalhes da operação. Os primeiros lançamentos surgirão durante o segundo semestre de 2022. Eles serão apenas de veículos importados. Porém, teremos que esperar um pouco mais para ver os veículos feitos na nova fábrica da Great Wall. Isso porque estes carros nacionais chegarão apenas no começo de 2023.

Great Wall Poer é um dos carros à combustão que a marca venderá aqui (Foto: Divulgação/Great Wall)

Este cronograma poderia ser adiantado? Segundo Bentancourt, a resposta é sim. Mas a marca teria que ter adquirido uma companhia já estabelecida no Brasil.

 “Ao adquirir a fábrica, a Great Wall comprou apenas ativos fixos. Não compramos licenças de funcionamento, sistemas de faturamento, habilitações já existentes. Portanto, temos de começar do zero para conseguir tudo isso. E já enfrentamos muita burocracia, pois às vezes algumas coisas simplesmente não avançam”, conta o dirigente.

Mas quais seriam estes carros?

Great Wall
ORA Good Cat (Foto: Divulgação/ORA)

Como você vem acompanhando aqui no Garagem360, alguns modelos já estão registrados pela Great Wall no Brasil. Entre eles, algumas opções com motores a combustão, híbridas e elétricas. As duas últimas já estarão disponíveis logos nos primeiros dias, como disse Pedro Bentancourt. Sabe-se que os veículos 100% eletrificados da marca são feitos pela ORA.

Ela foi fundada em 2018 e tem modelos muito curiosos na China. Um deles é o ORA Lightning Cat. Este é conhecido por ser bastante parecido com o Porsche Panamera e foi mostrado durante o último Salão de Shangai. Uma outra opção poderia ser o Good Cat. Este chegaria para ser mais um SUV no mercado. Ele possui um motor com potência de 145 cv e torque de 21,4 kgfm. Já a autonomia é de 501 km (ciclo NEDC).

Great Wall
Wey Macchiato (Foto: Divulgação/Wey)

Já entre os híbridos, a opção pode ser o Wey Macchiato. Trata-se de um moderno SUV de porte médio que traz uma grande grade dianteira como os principais destaques do lado externo. Já no seu interior, é possível encontrar diversos itens tecnológicos. Seu sistema híbrido é formado por um motor 1.5 aspirado (Ciclo Atkinson; potência de 102 cv) e um elétrico DHT100.

A potência combinada é de 192 cv e torque combinada de 25,5 kgfm. O sistema está acoplado a uma transmissão automática. Estes carros chegariam para ampliar o mercado de carros híbridos nacional.

Quer saber mais? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais notícias, vídeos, comparativos e testes automotivos que te levam ao melhor negócio automotivo clicando aqui.

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar