GM aumenta investimentos e promete 30 carros elétricos até 2025

A presidente e CEO da General Motors, Mary Barra, revelou que a empresa oferecerá 30 modelos totalmente elétricos em todo o mundo até meados da década. Quarenta por cento dos lançamentos da empresa nos Estados Unidos serão veículos elétricos até o final de 2025. Barra também anunciou um aumento no compromisso financeiro da GM com veículos elétricos (EVs) e autônomos (AVs) de US$ 27 bilhões até 2025 – acima dos US$ 20 bilhões planejados antes do início da pandemia de covid-19.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Carros elétricos da GM

“A mudança climática é real e queremos fazer parte da solução colocando todos em um veículo elétrico”, disse Barra. “Estamos fazendo a transição para um portfólio totalmente elétrico em um momento de pujança, com foco no crescimento. Podemos acelerar nossos planos para EV porque estamos construindo rapidamente uma vantagem competitiva em baterias, software, integração de veículos, fabricação e experiência do cliente.”

Na conferência virtual Barclays Global Automotive, Barra e Doug Parks, vice-presidente executivo de Desenvolvimento Global de Produto, Compras e Cadeia de Abastecimento da GM, compartilharam os principais elementos do plano da GM, incluindo:

  • Até 2025, a GM lançará 30 EVs em todo o mundo, e mais de dois terços estarão disponíveis na América do Norte. As marcas Cadillac, GMC, Chevrolet e Buick estarão representadas, com elétricos em todas as faixas de preço, para trabalho, aventura, desempenho e uso familiar;
  • Os avanços da engenharia aumentaram o alcance máximo estimado pela GM anteriormente de veículos baseados na tecnologia Ultium de baterias, de 643 para 724 quilômetros com carga total;
  • A versátil plataforma Ultium da GM fornece a flexibilidade para construir tudo, desde o mercado de veículos de grande volume até de alto desempenho – tudo a partir de uma única célula comum na maioria dos mercados e um conjunto de componentes de propulsão intercambiáveis;
  • Mais da metade dos investimentos de capital e equipe de desenvolvimento de produtos da GM serão dedicados a programas de veículos elétricos e autônomos;
  • A química da bateria Ultium de segunda geração da GM é projetada para fornecer o dobro da densidade de energia com menos da metade do custo da química de hoje. A GM já está testando o protótipo desta tecnologia de nova geração, que deve estar disponível em meados desta década;
  • Espera-se que a tecnologia Ultium, apoiada por centenas de patentes concedidas e pedidos de patentes pendentes, aproxime os EVs da paridade de preço com veículos a combustão;
  • Ambos lançamentos GMC HUMMER EV e Cadillac LYRIQ foram acelerados, junto com outros veículos a serem revelados posteriormente;
  • A GM está contratando 3 mil engenheiros de sistema elétrico, software de infoentretenimento e controles, além de desenvolvedores para Java, Android, iOS e outras plataformas;
  • A GM continua a explorar o licenciamento de terceiros para sua arquitetura Ultium EV, baterias e sistemas de propulsão, junto com sua tecnologia de célula de combustível Hydrotec desenvolvida com a Honda;
  • A GM, em colaboração com seus concessionários, irá alavancar suas vendas e capacidade de serviço e inovações acionadas por software para fornecer uma experiência excepcional ao cliente para fãs de EV e, também, para novos clientes de EV.

Arquitetura Ultium

A Ultium já representa uma conquista histórica em eletrificação, com o pacote de baterias custando quase 40% menos do que o usado no Chevrolet Bolt EV. Apesar da pandemia, o trabalho da GM em EVs se acelerou durante 2020.

Agora, apenas oito meses depois que a tecnologia foi revelada pela primeira vez, a GM está projetando que os pacotes de Ultium de segunda geração, esperados para meados da década, custarão 60% menos do que as baterias em uso hoje, com o dobro da densidade de energia esperada.

LEIA MAIS: Recall da Fiat convoca Mobi e Grand Siena por problema no retrovisor

McLaren Senna GTR ganha versão em Lego

Essas células de segunda geração ficarão mais próximas da paridade de custos com os motores a combustão devido a:

  • Design de célula que permite maior densidade de energia e usa menos material inativo, abrindo mais espaço para a parte da bateria que produz energia;
  • Eficiências de fabricação por meio da joint venture da GM Ultium Cells LLC com a LG Chem;
  • Melhor integração entre veículos e suas baterias, permitindo menos células e módulos;
  • Catodos mais baratos, redução de material ativo, novo eletrólito e o primeiro uso de Lítio nos anodos em uma bateria da GM.

A GM completou centenas de ciclos de testes nos protótipos multicamadas dessa química de célula Ultium da nova geração. As células de produção são esperadas para meados desta década.

A plataforma Ultium é flexível o suficiente para integrar novos tipos de química e até mesmo de células, sem reformulações em sua arquitetura. As baterias Ultium serão fáceis de consertar no nível do módulo, o que torna os custos de reparo mais baratos.

“Os tempos de desenvolvimento de EV da GM estão se acelerando e os custos diminuindo rapidamente, então esperamos que nossos programas Ultium EV sejam lucrativos desde a primeira geração”, disse Parks. “Não é apenas o custo e o desempenho de nossos componentes EV inovadores que nos darão uma vantagem competitiva em uma indústria em rápida mudança, mas como os integramos a outros sistemas avançados como o Super Cruise, a arquitetura elétrica da nossa Vehicle Intelligence Platform e outras tecnologias pioneiras em nosso portfólio tradicional.”

A GM está fazendo a maior parte do trabalho de desenvolvimento dessas células internamente em seu Laboratório de Sistemas Químicos e de Materiais, localizado no Centro Técnico Global em Warren, Michigan, EUA. Essa instalação possui uma linha de fabricação com mistura de polímeros, pastas, uma máquina de revestimento e uma sala de montagem de células.

No próximo ano, a GM inaugurará um Laboratório de Inovação de Bateria e um Centro de Tecnologia de Fabricação totalmente novos para desenvolver a química de bateria Ultium da nova geração.

Menor tempo de desenvolvimento

As características modulares e flexíveis do sistema Ultium, junto com os avanços da engenharia na tecnologia da bateria, o uso de ferramentas de desenvolvimento virtual e lições aprendidas durante o processo de desenvolvimento do HUMMER EV, permitiram que a GM levasse EVs ao mercado muito mais rápido do que o planejado originalmente.

O tempo de desenvolvimento do GMC HUMMER EV 2022 foi de 26 meses – abaixo dos cerca de 50 meses previstos – e agora é a referência.

Os cronogramas de desenvolvimento para 12 lançamentos de veículos foram adiantados, incluindo:

  • GMC HUMMER EV;
  • Três outras variantes do GMC Ultium, incluindo uma picape elétrica;
  • Quatro Chevrolet elétricos, incluindo uma picape e um crossover compacto;
  • Quatro Cadillacs;

Além disso, a linha de EV da Buick incluirá dois EVs baseados em Ultium.

Depois do GMC HUMMER EV, o próximo EV a ser lançado será o LYRIQ, o primeiro veículo totalmente elétrico da Cadillac, que chegará no primeiro trimestre de 2022, nove meses antes do previsto.

Na galeria, confira algumas imagens da GMC Hummer EV, primeira picape elétrica da General Motors.

GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC
GMC Hummer EV |Foto: Divulgação/GMC

ÚLTIMAS

  • Hatch
  • Notícias
  • Serviços

Novo Peugeot 208 vale a compra? Veja os preços e versões do modelo

Desde o momento que chegou ao Brasil, os carros da Peugeot sempre chamaram a atenção por conta do design. Com… SAIBA MAIS

1 dia atrás
  • Notícias
  • Serviços
  • SUV

Honda HR-V Touring 2021: veja os atrativos da versão turbo do SUV

A Honda possui uma certa reputação quando se trata de SUVs. O CR-V é comercializado por aqui desde meados anos… SAIBA MAIS

1 dia atrás
  • Galeria
  • Inovação
  • Notícias
  • Serviços

Mercedes-Benz EQS é um sedã elétrico de luxo com interior futurista

O Mercedes-Benz EQS é o novo carro elétrico da marca alemã. O sedã (ou fastback) foi revelado ao mundo na… SAIBA MAIS

1 dia atrás