O verão brasileiro tem como característica as altas temperaturas e as fortes chuvas no período da tarde. Porém, além das enchentes, o motorista deve estar atento com o risco de aquaplanagem. Ela nada mais é que a perda do contato do pneu com o solo por conta da água. Quando isso ocorre, o condutor pode derrapar e perder o controle da direção.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Leandro Richter, da DPaschoal, explica que os pneus lisos e sem calibragem estão mais sujeitos a enfrentar a aquaplanagem, bem como veículos mais leves e em alta velocidade. “Além de reduzir a velocidade e manter a direção firme, calibrar sempre os pneus é um dos principais fatores que ajudam a evitar a hidroplanagem em dias chuvosos. Checar e ajustar a pressão de ar das rodas a cada 15 dias, por exemplo, pode ajudar a evitar esse e outros transtornos”. Além da prevenção, no momento de passar por poças ou pistas molhadas, evitar frear bruscamente e movimentar o volante de forma ríspida também ajudam a evitar a derrapagem.

LEIA MAIS: BMW K 1600 GTL chega ainda em janeiro por R$ 135.900

No Catar, hotel oferece Maserati, Lamborghini e Ferrari aos hóspedes

Teste prático

No vídeo, é possível observar a diferença de comportamento entre o desempenho de um carro com os pneus em bom estado na pista molhada e um outro com os compostos “carecas”. Clique aqui para assistir diretamente no canal do YouTube da DPaschoal, ou confira abaixo.