Envelopamento de motos: uma das soluções para proteger a pintura e customizar

envelopamento de motos
Foto: Avery Dennison
Além de customizar as duas rodas, a tecnologia do envelopamento de motos é uma das melhores soluções, atualmente, para proteger a pintura. Além disso, a cada ano, o procedimento é aperfeiçoado. Assim, ganha atributos que personalizam e aumentam a durabilidade da pintura de motocicletas. Saiba mais a seguir.

Envelopamento de motos: como funciona?

O envelopamento é uma técnica que, se aplicada com as técnicas mais atuais, é feito por meio de películas. O procedimento confere proteção da pintura contra o desgaste do tempo e pequenos impactos.

Além disso, renova e customiza a motocicleta. Por exemplo, para aqueles que pretendem modificar a aparência da moto, de acordo com a Avery Dennison (empresa especializada em envelopamento de motos), atualmente, há um portfólio extenso de cores e acabamentos.

Dessa forma, o envelopamento proporciona maiores possibilidades de escolha por parte dos proprietários. Também, possibilita uma aplicação com mais qualidade. Isso porque há maior aderência e conformação ao redor de curvas. A aplicação, de acordo com a Avery Dennison, é mais  rápida e sem a existência de bolhas – problemas que ocorrem com técnicas mais antigas.

Proteção

No entanto, o envelopamento de motos contempla, também, quem pretende manter o design e a cor da motocicleta. No caso, os especialistas da Avery Dennison explicam que há opções de películas transparentes, conhecidas como Paint Protection Film. O destaque, por exemplo, é para a Supreme Protection Film (SPF).
Supreme Protection Film (SPF) para envelopamento. Foto: Avery Dennison

Tecnologia SPF para envelopamento de motos

O SPF possui uma tecnologia moderna, que é autorregenerativa. Ou seja, um filme de poliuretano composto por múltiplas camadas: adesiva, central, de cobertura e de proteção.
Assim, a primeira camada adere de forma firme e segura à superfície da motocicleta. E, a fim de facilitar a remoção, a película é mais fácil de ser retirada, evitando o uso de utensílios que possam danificar a pintura da moto.
Enquanto isso, a segunda camada da SPF para o envelopamento de motos é composta por uma base forte e flexível, feita de poliuretano. Dessa forma, garante um aspecto uniforme, além de resistência aos impactos de longo prazo. Trata-se de uma cobertura de primeira linha de defesa.
Foto: Avery Dennison

Por fim, a terceira camada é conhecida como PET. O objetivo é proteger a superfície da película no momento do seu manuseio.

Vale ressaltar que a SPF apresenta proteção contra raios UV com garantia de até oito anos. Além disso, previne o o desbotamento da cor.

“A linha Supreme Protection Film foi desenvolvida com a mais alta tecnologia. Apresenta atributos que, realmente, permitem preservar a pintura original de fábrica. Sua propriedade autorregenerativa faz com que arranhões desapareçam em poucos minutos”, explica a gerente de produtos Graphics da Avery Dennison, Marlu Costa.

Marlu saliente que, embora as películas sejam de fácil aplicação, o procedimento só deve ser aplicado na motocicleta por profissionais habilitados. Além disso, para mudar a cor original da sua duas rodas com o envelopamento de motos,  é essencial alterar o documento de licenciamento, conforme exige o Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Erica Franco
Erica FrancoJornalista por formação com mais de 15 anos de experiência em redação geral e automobilística. Passagens pelo caderno "Máquina e Moto" do Jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros. Atualmente dedica-se a função de editora do portal Garagem 360, apurando notícias do universo automotivo e garantindo o padrão de qualidade dos conteúdos veiculados.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar