Empresas do setor automotivo inovam nas redes sociais

empresas automotivas
Empresas automotivas inovam nas redes sociais. Foto: Getty Images

Com a pandemia, as redes sociais passaram a ser ainda mais acessadas e utilizadas pelas empresas. Inclusive, pelas empresas automotivas de diversos segmentos, para novas experiências com o cliente e o público em geral.

Novas estratégias e usos destas mídias surgiram com o crescimento das redes sociais. De acordo com o Business Insider, até o final de 2020, a presença das empresas nas redes sociais deu um salto de mais de 70% em relação a todo o ano de 2019.

Por outro lado, apenas se destacaram, realmente, as companhias que trouxeram novos modelos de se relacionar com o públicos pelas mídias. Dessa forma, também criando autoridade.

E este é um dos desafios ainda para muitas empresas automotivas. Enquanto isso, outras parecem já ter encontrado formas inovadoras de adaptar às transformações digitais. Veja mais!

Volanty inova e marca presença pioneira nas redes sociais. Foto: Instagram

 

Mais do que vender, estratégias buscam novas formas de agregar valores

Por exemplo, a Volanty – plataforma com modelo único de compra e venda de veículos – já procurava por novos modelos de usar as redes sociais no contato com o público, desde a sua criação, em 2017. O co-fundador e CEO da Volanty, Maurício Feldman conversou com o Garagem360 e fala que o desafio foi, realmente, agregar valor por meio das diversas redes sociais disponíveis atualmente.

“As estratégias da Volanty não se resumem em aumentar as vendas. Mas, procura formas de transmitir o DNA da empresa. Ou seja, passar transparência e os valores da companhia”, explica Feldman.

Para exemplificar, o CEO da plataforma fala da presença de parceiros nos perfis da plataforma, que passam credibilidade. Tanto que a Volanty ficou conhecida como os “Os Inovadores de Mercado”.

É o caso do apresentador Ciro Bottini, que participou da última Black Friday da Volanty. “Como garoto propaganda de nossas redes sociais, a estratégia foi um sucesso. Bottini já é conhecido pelo público e fala diretamente com as pessoas do setor”, relembra Feldman.

empresas automotivas
Ciro Bottini – garoto propaganda da Volanty. Foto: facebook

Live commerce

Mas, a plataforma foi além. Uma das estratégias, pioneiras também no setor de empresas automotivas de e-commerce, é adoção da Live commerce.

A estratégia, de acordo com o CEO, é aproximar interessados em comprar por meio de conteúdos ao vivo. As lives podem ser acessadas pela rede social Linkedin e compartilhadas pelo próprio público.

As reservas de veículos são feitas durante a transmissão ao vivo, com apenas 2 cliques nas imagens. Ou, então, 2 toques, no caso do acesso pelo celular.

Estratégias direcionadas e pontuais fazem a diferença nas redes sociais. Foto: Instagram

E, porque, pelo Linkedin? De acordo com Feldman, esta rede social agrega profissionais do segmento automotivo e outras empresas, que também fazem parte do interesse da Volanty em estreitar relacionamentos.

Ainda assim, Maurício Feldman fala que demais redes sociais, em especial o Instagram, também conta com estratégias mais pontuais. De acordo com o CEO, a Volanty não foca na propagação em massa de seus perfis e conteúdos.

Assim, há perfis para diferentes clientes e de consumidores. Por exemplo, conteúdos com ofertas, com catálogos e outros focos. No caso, para melhorar a experiência do público com a Volanty e evitar sobrecarregar os usuários com informações, que, muitas vezes, pode não interessar.

empresas automotivas
Maurício Feldman co-fundador e CEO da Volanty). Foto: Divulgação

Aproveite e acompanhe as últimas notícias do setor automotivo, aqui no Garagem360

“Empresas automotivas de todos os segmentos devem estar atentas às mudanças do comportamento nas redes sociais”

Enquanto isso, a Capgemini – empresa global de consultoria, serviços de tecnologia e transformação digital – concorda que o setor automotivo cresce com as redes sociais, em especial, com estratégias diferenciadas.

De acordo com o executivo da companhia, Nick Gill, o novo consumidor de automóveis sabe exatamente o que e como quer.  Assim, para Gill, empresas de todos os segmentos do setor automotivo devem estar atentar às mudanças, também, do comportamento nas redes sociais e não apenas no uso delas.

 

Erica Franco
Erica FrancoJornalista por formação, com mais de 15 anos de experiência em redação em geral. Passagens pelo caderno Máquina e Moto Máquina do jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista e site Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar