Tags

Destaques

Emplacamento de veículos elétricos bate recorde no Brasil

Créditos: Foto: Pixabay
13 janeiro, 2021
Da Redação, com assessoria

As vendas de veículos elétricos e híbridos no Brasil bateram um novo recorde. Em 2020, o emplacamento desses modelos registrou um aumento de 66,5% em relação ao ano anterior. O crescimento das vendas fez o nicho de eletrificados alcançar a marca de 1% do total de automóveis e comerciais leves emplacados no período (1.950.889 unidades, segundo a Fenabrave).

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Os números referem-se à soma de automóveis e comerciais leves elétricos híbridos não plug-in e plug-in (HEV ou PHEV) e elétricos a bateria (BEV). Com esse resultado, a frota brasileira total desses veículos chega a 42.269 unidades.

“Temos de interpretar esses números de duas formas. Por um lado, devemos comemorar o fato de os elétricos terem chegado a 1% do mercado. É uma marca simbólica importante”, afirma Antonio Calcagnotto, diretor de Veículos Leves da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) e diretor de relações institucionais e sustentabilidade da Audi do Brasil. “Mas é claro que ainda estamos muito distantes de uma participação expressiva no mercado total. Portanto, temos de insistir em medidas de apoio à mobilidade elétrica”, completa.

A ABVE defende, por exemplo, a equiparação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) dos eletrificados à alíquota da maioria dos veículos comuns. “Por que um carro flex 1.0 a combustão paga 7% de IPI e um veículo elétrico ou híbrido, que é muito mais eficiente e não poluente, tem de pagar 13%, 18% ou até mais?”, questiona Pedro Bentancourt, vice-presidente de Veículos Leves da ABVE e diretor de relações governamentais da Nissan do Brasil.

Eletropostos e outros benefícios 

A ABVE defende ainda a redução de IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), programas de instalação de eletropostos nas estradas e incentivos à eletrificação das frotas públicas e de prestadores de serviços de compartilhamento.

A ampliação do número de eletropostos nas estradas é uma das prioridades da associação em 2021. Atualmente, o Brasil tem em torno de 350 pontos de recarga em rodovias e locais públicos, como shoppings e postos de combustível, segundo o aplicativo da Tupinambá Energia, startup focada em infraestrutura para veículos eletrificados.

LEIA MAIS: Tire suas dúvidas sobre o aluguel de carro elétrico no Brasil
Porsche lança série especial para celebrar os 25 anos do Boxster

Na galeria, veja a evolução dos carros elétricos ao longo dos anos.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.