8 dicas para valorizar seu carro na hora da venda

Notícias 29 de novembro de 2019 Da Redação, com assessoria 1

No Brasil, carros usados costumam manter por mais tempo seu valor de revenda. O que poderia ser uma vantagem é apenas reflexo do preço alto cobrado pelos automóveis no País.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

O preço de um carro usado é determinado principalmente de acordo com ano de fabricação, quilometragem e modelo, mas também entram na avaliação a aparência externa e a interna, além da manutenção do modelo e do nível de conservação do veículo. Por isso, realizar alguns procedimentos antes de colocar o automóvel à venda pode ajudar a conseguir um preço melhor na negociação.

Diante de um cenário como esse, a KBB Brasil, site de precificação de carros novos e usados, separou algumas dicas que ajudam a melhorar a aparência do veículo para valorizá-lo antes da venda. Confira:

Dicas para valorizar o carro na venda

1. Histórico de manutenção impecável

Um carro com histórico de manutenção em concessionária costuma ter um valor de mercado superior. Por isso é importante conservar todos os comprovantes de revisões e de eventuais consertos. Segundo alguns especialistas, compensa ter despesas com manutenção que não ultrapassem 20% do valor do veículo antes de revendê-lo.

2. Mecânica em dia

A falta de manutenção e de cuidados estão na origem da maior parte dos problemas mecânicos. Trocar os filtros com regularidade e controlar o nível de óleo do motor duas vezes por mês ou antes de uma viagem mais longa são alguns cuidados importantes. Manter a mecânica do veículo em bom estado permite vendê-lo a um preço melhor, além de evitar dores de cabeça.

3. Proteja a pintura

Raios solares, insetos, frutas, poeira, areia e ”dejetos” de pássaros castigam a pintura. É recomendável aplicar cera duas ou três vezes por ano para protegê-la devidamente. Caso rode em uma zona litorânea, bater uma água na carroceria deve fazer parte da sua rotina diária, eliminando resíduos de sal responsáveis pela oxidação de peças e componentes sem tratamento anticorrosivo.

4.Pneus

Não há necessidade de colocar pneus novos para valorizar o carro para venda, mas deixá-los em bom estado ajuda na aparência do veículo. Calibre-os com frequência, pois circular com a pressão dos pneus baixa danifica as paredes dos pneus, reduz a sua vida útil e aumenta as probabilidades de um furo. Nas lavagens, utilize sempre produtos neutros para não danificar as borrachas.

LEIA MAIS: Fim da linha: veja carros que devem sumir das ruas em breve no Brasil

BMW, Suzuki, Vespa: as melhores motos do Salão Duas Rodas

5. Rotinas de limpeza

Ninguém quer adquirir um carro sujo ou com odores desagradáveis. Não fumar no interior do automóvel é fundamental para prolongar o tão valorizado cheirinho de carro novo. E a limpeza de todos os revestimentos com produtos específicos deve fazer parte da rotina semanal.

6. Não ter batidas graves

Avarias graves, que comprometem a estrutura do automóvel, podem afetar o valor da venda em até 50%. Já pequenos riscos, arranhões ou amassados na lataria são problemas que não afetam no valor final do veículo usado, principalmente se a negociação for feita com revendedoras. No site da KBB, é possível conferir o valor do automóvel levando em consideração seu estado de conservação. Descubra aqui  quanto vale o seu carro usado.

7. Manual e a chave reserva

Uma documentação preservada do veículo ajuda na confiança do comprador. Ter a chave reserva do veículo também é um diferencial importante na hora da venda. Na concorrência entre veículos de mesmo valor e estado de conservação, o que tiver manuais e chave reserva sai ganhando.

8. Conheça o valor de revenda

Para obter sucesso na venda de um seminovo, não basta ter um bom veículo e em bom estado de conservação. É preciso conhecer os preços de compra e venda praticados no mercado para não haver problema nas negociações. A primeira ação necessária para quem tem interesse em vender seu automóvel é saber o preço real do veículo.

No site da KBB é possível conferir o preço para venda do carro a particulares ou a revendedoras. Após conferir o valor aplicado no mercado de acordo com as particularidades do veículo, como estado de conservação, e quilometragem, será possível ter mais segurança do valor real do automóvel, podendo negociar com mais precisão.

Na galeria, confira alguns dos carros testados pelo Garagem360.

  • Wanderson

    1 de dezembro de 2019 #1 Author

    Gostei muito do seu post, o conteúdo além de ser bem explicado tem me ajudado muito, vou acompanhar mais suas postagens.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *