Conheça a Fiat Scudo elétrica, que pode vir para o Brasil!

Fiat Scudo
A nova Fiat Scudo tem uma versão com motor elétrico (Foto: Divulgação/Fiat)

A Fiat anunciou nesta semana mais uma opção para o mercado de comerciais leves da Europa. Estamos falando da nova geração do furgão Scudo, que chega ao mercado usando a mesma plataforma da Citroën Jumpy e Peugeot Expert. O modelo da montadora italina estará sendo vendida em várias opções de carroceria e versões. A grande novidade é a Fiat Scudo elétrica, que oferece mais praticidade e economia.

Ela será vendida pela Fiat Professional, que é a divisão de veículos comercais da marca. De acordo com ela, os interessados neste modelo já podem fazer seus pedidos. O novo Fiat Scudo está custando a partir de 25.750 libras esterlinas (no Reino Unido). Este é um dos veículos comerciais mais conhecidos da marca no Velho Continente. A primeira geração surgiu em 1994. Já a segunda durou entre 2007 e 2016.

Fiat Scudo (Foto: Divulgação/Fiat)

Conheça a Fiat Scudo elétrica

E no Brasil? Bom, ainda não tem nada oficial sobre o assunto. Mas rumores dão conta que a possibilidade existe. Ainda mais porque a Jumpy e a Expert estão sendo montados em CKD no Uruguais. Sem falar que as três (e a Opel Vivaro) estão sendo fabricasdas sobre a plataforma EMP2. A Fiat Scudo será vendida em quatro carrocerias diferentes: furgão, Chassi com cabine, Misto (seis lugares e com espaço) e com nove bancos.

Fiat Scudo (Foto: Divulgação/Fiat)

Além das opções de configuração SX, Tecnico e Business. Um outro fator que altera é o tamanho. A nova Scudo pode medir entre 4,61 m e 5,31 m de comprimento, visto que ela pode ser encontrada nas versões de tamnho curto, médio e longo. O modelo é bastante semelhante aos franceses. Mas há diferenças. A grade dianteira, por exemplo, é um pouco diferente e traz o Logo Script ao centro.

Os faróis também são diferentes e trazem um sistema de faróis automáticos. O faról de neblina também pode ser encontrado. A parte traseira do veículo segue a mesma dos furgões franceses. Este é um modelo feito para o trabalho. E a entrada do comportatimento de carga pode ser feita pelas laterias (portas corrediças) ou pela traseira (portas traseiras).

Fiat Scudo (Foto: Divulgação/Fiat)
Fiat Scudo
Fiat Scudo (Foto: Divulgação/Fiat)

Lembrando que o modelo o volume de carga fica entre 4,6 m³ e 6,1 m³. Já a capcidade máxima de darga pode ser de até 1,4 toneladas. Esta capacidade não muda entre as versões a combustão e a versão elétrica. A gama da Fiat Professional ainda traz a Ducato, a Fiorino, a Talento, a Doblò, o 500L Por e o Panda Van & Hybrid.

Conforto e segurança

Fiat Scudo
Fiat Scudo (Foto: Divulgação/Fiat)

A Fiat oferece um bom pacote de equipamentos que deixam o veículo mais confortável e seguro. O novo Scudo traz, por exemplo, tem duas versões da central multimídia de sete polegadas. Ambas possuem conectividade por meio do Android Auto e do Apple CarPlay. Só que a versão top de linha traz um sistema de navegação. O painel de instrumentos digital de quatro polegadas também está disponível.

Os clientes ainda podem escolher a quantidade de bancos dos passageiros frente. Caso você escolha por dois bancos dos passageiros, você ganhará um compartimento acoplado ao banco do meio. Já a outra opção conta com dois bancos individuais. Pensando na segurança, o modelo pode trazer câmera de ré, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, alerta de ponto cego e pacote ADAS.

Conjunto mecânico

Fiat Scudo
Fiat e-Scudo (Foto: Divulgação/Fiat)

O Fiat Scudo está equiapado com diversos conjuntos mecânicos. As versões com o motor 1.5 BlueHDi (102 cv e 120 cv) trazem um câmbio manual de seis marchas. Enquanto isso, os modelos com o 2.0 BlueHDi podem gerar 150 cv ou 180 cv. No primeiro caso, estão disponíveis transmissões manual e automática. Já a segunda só está disponível com o câmbio automático de oito marchas.

Mas o grande destaque é a motorização elétrica. O Fiat e-Scudo traz um motor elétrico 136 cv de potência. Os clientes podem escolher entre duas opções de baterias. O modelo com baterias de 75 kWh podem rodar por 330 km sem parar para carregar. Por fim, o modelo com baterias de 50 kWH tem autonomia de 230 km.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar