Honda WR-V 2021 é uma alternativa aos SUVs? Conheça melhor o modelo

O Honda WR-V 2021 é o crossover mais acessível da marca aqui no Brasil. Lançado em 2017, o WR-V está sendo produzido na cidade de Sumaré-SP, assim como seu irmão mais velho (HR-V). Além disso, divide a mesma plataforma de outro carro bastante vendido por aqui: o Honda Fit. 

Honda WR-V 2021

Todos as versões usam o motor 1.5 L 16V SOHC i-VTEC, capaz de gerar 115 cv a 6.000 rpm (gasolina) e 116 cv a 6.000 rpm (etanol). Ele atinge uma velocidade máxima de 168 km/h e faz de 0-100 km em 12,3 segundos. A tecnologia FlexOne nada mais é do que o pré-aquecimento do combustível em partidas a frio. 

O câmbio utilizado é o mesmo CVT usado em outros carros da marca. As borboletas atrás do volante ajudam bastante o motorista na horas de usar o modo manual.

De acordo com a Honda, o veículo carrega 363l no porta-malas. Comparado a alguns de seus principais concorrentes, como as versões mais baratas do Jeep Renegade e do Citroën C4 Cactus, o modelo japonês possui uma capacidade de carga boa. Porém, ainda perde para o conterrâneo Nissan Kicks (432l) e para o alemão VW Nivus (415l).

Preços e equipamentos de série

Para a linha 2021, a marca japonesa aposta em três versões diferentes para o WR-V. Todas trazem a nova grade frontal. Custando a partir de R$ 91.000, a de entrada, nomeada de LX, já vem de série com alguns itens interessantes, como por exemplo, uma tela multimídia de cinco polegadas, volante multifuncional, banco do motorista com regulagem de altura e chave tipo canivete. 

Foto: Divulgação/Honda Automóveis

Já o pacote intermediário, a EX, está custando a partir de R$98.400. Esta configuração vem com todos os equipamentos da versão anterior, mas ainda adiciona alguns mimos, como 4 airbags (frontais e laterais), faróis de neblina, sensor de estacionamento traseiro, paddle-shifts e outros. 

E para quem é adepto as novas tecnologias, uma central multimídia touchscreem de 7 polegadas que permite o emparelhamento por meio do Android Auto, do Carplay Apple, além da entrada Bluetooth. 

Para finalizar, a configuração top de linha EXL, onde os preços partem de R$103.300. Dentre os itens exclusivos, podemos destacar o GPS, bancos em couro, airbags de cortina, sensor de estacionamento dianteiro e retrovisor interno fotocrômico.  Além do sistema ESS, que ajuda o motorista na hora de frenagens mais bruscas. 

Revisões

Segundo a Honda, os preços dos serviços custam entre R$ 346,78 (10.000 km) e R$ 950,79 (60.000 km).

ÚLTIMAS

  • Hatch
  • Notícias
  • Serviços

Novo Peugeot 208 vale a compra? Veja os preços e versões do modelo

Desde o momento que chegou ao Brasil, os carros da Peugeot sempre chamaram a atenção por conta do design. Com… SAIBA MAIS

1 dia atrás
  • Notícias
  • Serviços
  • SUV

Honda HR-V Touring 2021: veja os atrativos da versão turbo do SUV

A Honda possui uma certa reputação quando se trata de SUVs. O CR-V é comercializado por aqui desde meados anos… SAIBA MAIS

1 dia atrás
  • Galeria
  • Inovação
  • Notícias
  • Serviços

Mercedes-Benz EQS é um sedã elétrico de luxo com interior futurista

O Mercedes-Benz EQS é o novo carro elétrico da marca alemã. O sedã (ou fastback) foi revelado ao mundo na… SAIBA MAIS

1 dia atrás