Dirija com segurança na chuva

Serviços 26 de janeiro de 2018 Rodrigo Loureiro 0

Evitar vias alagadas e manter a calma são dicas valiosas

Dias de chuva decididamente não são os melhores para se dirigir, ainda mais em cidades em que as vias rapidamente se enchem de água, dando um nó no trânsito e causando transtornos aos cidadãos – problemas que têm acontecido com frequência em São Paulo esta semana. Além de alagamentos, as tempestades dificultam a visão do motorista e retardam o efeito do freio.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

 

Em uma situação com esta, a primeira recomendação vem muito antes de dar a partida no carro. A dica inicial é analisar se vale mesmo a pena usar o veículo nestas condições. Se ainda assim o condutor optar por dirigir, o jeito então é intensificar o cuidado. “Ligue a lanterna, redobre a atenção e mantenha uma distância maior de quem vai à frente para evitar acidentes”, aconselha Fabiano Pinheiro, instrutor da auto-escola Atos.

Foto: Sxc.hu
chuva
Motorista tem de redobrar a atenção nos dias de chuva

Durante um temporal, também é preciso ter cautela na hora de frear. De acordo com Pinheiro, se o motorista utilizar força excessiva ao pisar no pedal de freio, o automóvel corre o risco de deslizar na pista. E caso esteja em rodovias  e o asfalto estiver muito molhado, a indicação do profissional é soltar a aceleração e não brecar para evitar a aquaplanagem (perda de contato do carro com o solo pela existência de uma camada de água debaixo do pneu).

Ainda segundo Pinheiro, a dica comum de manter a primeira marcha em situações em que a água já está cobrindo parte das rodas não é a melhor opção. “Isso caiu no dito popular porque a primeira marcha, com exceção da ré, é a mais forte. O problema é que quando há excesso de água na rua, o motorista não consegue visualizar buracos ou outros obstáculos como bueiros abertos”, afirma.

Raios e árvores

Outra orientação do instrutor é tomar cuidado com raios. Vale lembrar que os pneus do carro o isolam de descargas elétricas, mas é preciso cautela com relação às árvores, pois elas podem ser atingidas por relâmpagos e desabarem. “A melhor opção é sempre evitar as vias problemáticas ou procurar um abrigo em local seguro e esperar a chuva passar para prosseguir”, finaliza o especialista.

 

Veja nosso álbum com os principais lançamentos de 2018.

 
 
<
>