Carros importados sofrem queda de vendas de 14,5% em setembro

carros importados
Vendas de carros importados e nacionais de associadas da Abeifa fecharam o mês de setembro com queda de vendas de 12,2%  (Foto: Divulgação/Volvo)

Um outro setor do mercado automotivo registrou números preocupantes. A venda de carros importados também fechou o mês de setembro em queda. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa), a retração foi de 14,5%  com relação ao mês anterior. As vendas de carros produzidas nacionalmente por suas afiliadas também caíram.

A entidade representa 11 montadoras presentes aqui no Brasil. Segundo ela, foram comercializados 1.871 unidades de carros importados aqui no Brasil. Ou seja, 14,5% a menos que no mês de agosto/2021, que fechou com 2.188 unidades comercializadas. Esta queda é maior ainda quando colocamos lado a lado os números registrados em setembro de 2020.

carros importados
Kia Sportage (Foto: Divulgação/Kia)

Vendas de carros importados e nacionais de associadas da Abeifa fecharam o mês de setembro com queda de vendas de 12,2%

Neste caso, a queda foi de 34%. Naquele mês, foram vendidos 2.835 unidades.  Lembrando que estão contabilizadas as vendas das afiliadas a entidade. Ou seja, estamos falando de Aston Martin, BYD, Caoa Chery (veículos importados), JAC Motors, Jaguar, Kia, Land Rover (veículos importados), McLaren, Porsche, Suzuki (veículos importados) e Volvo.

Porsche 718 Cayman (Foto: Divulgação/Porsche)

Desde janeiro, foram comercializados 19.795 carros importados – o que significa uma queda de 0,3%Mas algumas destas marcas também possuem produção nacional. Um caso bastante famoso é o da Caoa Chery.

E o cenário de queda também se repete para estas fabricantes. No último mês, foram licenciados 4.278 veículos. Isso significa que houve um regresso de 11,1% com relação ao mês anterior.

No entanto, ao comparar com os dados de setembro/2020, este número total de vendas se torna 30,1% maior. Este mercado também registrou um bom crescimento no acumulado de vendas. Ao todo, a empresa registrou uma alta de 71,2%. Ou seja, 35.241 unidades vendidas até setembro/2021 contra 20.585 unidades até setembro/2020. 

Foto: Divulgação/Land Rover

Juntando estes dois mercados, a Abeifa chegou a conclusão que  6.149 unidades ganharam novos donos no último mês. Uma queda de 12,2% com relação ao mês de agosto. Já entre janeiro e setembro deste ano, foram vendidos 55.036 novos carros.

“Tanto na importação como na produção nacional, as nossas associadas não conseguiram atender à demanda potencial, por conta da falta de produtos em consequência do abastecimento instável de semicondutores. Infelizmente essa situação deve perdurar pelos próximos meses”, disse João Henrique Oliveira, presidente da entidade em comunicado à imprensa.

Marcas registraram queda

carros importados
Suzuki S-Cross (Foto: Divulgação/Suzuki)

Um fato interessante deste levantamento é que quase todas as marcas registraram quedas no último mês. A única que fechou o período em alta foi a Suzuki. A marca japonesa vendeu 82 unidades importadas no mês. O que significa que houve um crescimento de 7,9% com relação aos números de agosto. Porém, não podemos dizer o mesmo de suas vendas nacionais. Isso porque elas terminaram em uma queda de 5,1%.

Quem vem se destacando no mercado de importados é a Volvo. Durante o mês, a marca 728 veículos novos. Sendo que o SUV intermediário XC60 foi o modelo que mais foi vendido (444 unidades). Na sequência vem a Kia Motors (496 unidades). Já na terceira posição está a Porsche (255 unidades).

carros importados
Caoa Chery Tiggo 8 (Foto: Divulgação/Caoa Chery)

Já a Caoa Chery continua sendo a marca com produção nacional que mais vende veículos. A Abeifa registrou 4.034 emplacamentos em todo o território nacional. Na segunda posição está a Land Rover (170 unidades). Já a Suzuki (74 unidades) fecha so ranking.

Veja o ranking das 10 marcas que mais venderam carros importados em setembro/2021 (Dados da Abeifa)

1º – Volvo (728 unidades)

2º – Kia Motors (496 unidades)

3º – Porsche (255 unidades)

4º – Land Rover (213 unidades)

5º – Suzuki (82 unidades)

6º – JAC Motors (60 unidades)

7º – Jaguar (35 unidades)

8º – Aston Martin (1 unidade)

9º – Caoa Chery (1 unidade)

10º – BYD (nenhuma unidade)

11º – McLaren (nenhuma unidade)

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar