Carros elétricos: entenda o significado e diferenças entre as siglas dos automóveis

NotíciasServiços 16 de agosto de 2017 Da Redação 0

Visando um futuro menos poluente, os veículos elétricos são a grande esperança da indústria automobilística. Porém, existem diversos tipos de modelos produzidos atualmente, sendo que cada um é classificado de uma maneira. Para compreender todas as siglas, o Cesvi Brasil fez um boletim técnico explicando o significado e as diferenças de cada um.

LEIA MAIS: Nissan celebra 70 anos de história com veículos elétricos; veja a evolução
Volvo irá lançar cinco carros 100% elétricos até 2021

FEV (Full Electrical Vehicle)

Definição em inglês para veículo totalmente elétrico. Como o nome sugere, esses modelos utilizam unicamente motores elétricos como sistema de tração. Um exemplo desses veículos é o Nissan Leaf, que embora não seja vendido oficialmente no Brasil, tem alguns exemplares rodando como táxi em São Paulo.

HEV (Hybrid Electrical Vehicle)

Essa é a classificação para veículos híbridos, também em inglês. Esses carros têm dois tipos de motores; um a combustão, podendo ser a gasolina, e outro elétrico. Pioneiro nesse sentido, o Toyota Prius já está na quarta geração e é vendido no Brasil desde 2011.

PHEV (Plug-in Hybrid Electrical Vehicle)

Os veículos plug-in são carros híbridos que permitem carregar o motor elétrico por meio de uma fonte externa de energia, como por uma tomada. O Chevrolet Volt é um veículo com essas características.

FCV (Full Cell Vehicle)

Esses veículos são movidos utilizando células de combustível, que geram energia para a propulsão do veículo, sendo que a fonte mais utilizada ultimamente é o hidrogênio. Lançado no exterior em 2015, o Toyota Mirai é um dos veículos atuais que se locomove com essa tecnologia.

Veja os modelos elétricos que já rodam por aí:

 
 
<
>