Tags

Notícias

Teto solar: carros blindados devem ter peça fixada

Créditos: Foto: josh-ferris on Visual Hunt / CC BY
20 fevereiro, 2018
Da Redação, com assessoria

Uma portaria publicada pelo Exército brasileiro em junho do ano passado impôs uma série de exigências para a blindagem de veículos automotores. Uma das principais novidades é que o teto solar agora precisa ser obrigatoriamente composto por uma peça única e fixa, com o mesmo nível da blindagem aplicada nas demais partes do veículo.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

“Essa é uma mudança muito importante, que serve para reforçar a segurança dos usuários de carros blindados”, afirma o consultor Floriano Guimarães, da GR Blindados, blindadora de São Paulo (SP). “O Exército demonstrou uma sensibilidade muito grande ao tomar essa decisão, demonstrando sua preocupação em ampliar ainda mais o conceito de segurança total aos motoristas”, completa.

Segundo Guimarães, a decisão de fixar o teto solar aumenta a eficácia da blindagem dos veículos no País. “Muita gente ignorava a importância do travamento do teto solar por questões estéticas ou de gosto pessoal, ignorando que a movimentação desse vidro poderia causar riscos à sua segurança”, explica o consultor da GR. Enquanto o vidro original do teto pesa cerca de 6,5kg, a versão blindada pode chegar a até 40 kg.

“O teto solar do veículo não foi projetado para abrir e fechar suportando o peso de um vidro blindado. Esse tipo de medida agora é ilegal porque pode, inclusive, causar acidentes caso o material blindado se desprenda no meio de uma estrada ou de uma avenida com grande circulação de veículos”, completa.

O consultor da GR Blindados explica que essa medida já é adotada em outros países do mundo, como a Colômbia. “A maior preocupação do dono de um veículo blindado deve ser sua segurança, e não a questão estética. Carros blindados são feitos para ficarem fechados”, afirma Guimarães. De acordo com ele, a implantação de vidros blindados no teto solar acaba com a movimentação do equipamento, mas continua a oferecer uma boa visibilidade aos motoristas. “Atualmente, existem vidros de muita qualidade no mercado, que oferecem garantia de até 10 anos aos clientes. Não vale a pena arriscar sua segurança e da família por causa de um teto solar mal instalado ou que não atenda as regras determinadas pelo Exército”, finaliza.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.