Carros automáticos comuns FAMOSOS por darem problema no câmbio: fuja

O mercado de carros automáticos no Brasil cresceu consideravelmente nos últimos anos, mas nem todos os modelos oferecem uma experiência suave e confortável que os compradores esperam. Na verdade alguns modelos são famosos por darem problemas no câmbio. 

Para te ajudar a fugir dessas “armadilhas”, preparamos este post com os principais câmbios a serem evitados. Acompanhe!

Veja os carros automáticos com câmbio com problemas crônicos - Foto: Freepik
Veja os carros automáticos com câmbio com problemas crônicos – Foto: Freepik

 

Quais os problemas nos câmbios mais comuns dos carros automáticos? 

Powershift 

Carros: Ford Fiesta, Focus e EcoSport. 

Na pesquisa encontrei relatos como este sobre o Powershift no Focus “é melhor colocar assento ejetável em helicóptero”. 

Lançado em 2010 com a promessa de desenvolver uma direção suave e moderna, o câmbio Powershift deu dor de cabeças para proprietários e para a Ford. Trata-se de uma transmissão automatizada de dupla embreagem banhada a óleo. 

No início tudo bem, mas logo vieram os primeiros problemas de trepidação, perda de potência, ruídos, superaquecimento, travamentos e trancos. 

A marca chegou a ser notificada pelo Procon e reconheceu o erro, ampliando a garantia para 5 anos ou 160 mil km. Mesmo com modificações, os problemas persistiram, levando a Ford a estender a garantia até 10 anos ou 240 mil km.

Ford Powershift - Foto: Reprodução
Ford Powershift – Foto: Reprodução

Renault Easy’R

Carros: Renault Duster, Captur, Sandero e Logan. 

O Easy’R foi lançado para substituir o antigo câmbio automático de quatro marchas (que também não era muito bom). Apesar de atualizações, não foi possível superar problemas como mudanças bruscas de marchas, trancos, imprecisão na troca, entre outros. 

Em 2019 o Easy’R também se foi sem deixar saudade. Desde então, os carros da Renault com transmissão automática são equipados com o CVT da Jatco (da Nissan). 

Renault Easy’R
Renault Easy’R – Foto: Reprodução

 

Fiat Dualogic

Carros: Fiat Punto, Linea, Idea, Novo Palio, Siena, Bravo, Palio Weekend, Strada e Stilo. 

Esse também teve má fama, tanto que foi chamado carinhosamente de “Burralogic”. O Dualogic é um dos câmbios que nem com manutenção recorrente salva. Entre as principais queixas estão o vazamento de óleo no sistema hidráulico, trepidações, trancos, trocas inesperadas, além da queima da bomba de pressão. 

Fiat Dualogic - Foto: Reprodução
Fiat Dualogic – Foto: Reprodução

Mais que problemas, um risco à segurança dos ocupantes. Os proprietários chegaram a ser convocados para um recall em 2014. 

Em comunicado emitido, a Fiat informou que os problemas no câmbio Dualogic  podem “eventualmente provocar acidentes, com possibilidade de ocasionar danos físicos e materiais aos ocupantes do veículo”.

Toyota U442E

Carros: Toyota Etios e Chery Tiggo 2 

Esse é o menos problemático da lista, mas ainda assim leva os proprietários a terem fortes dores de cabeça. Não vai colocar em risco sua segurança, mas pode sim o seu bolso. 

As críticas ao desempenho se dão a limitação do desempenho, demora na troca e intervalos longos entre as trocas.

 

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de saber como os carros funcionam, inclusive a rebimboca da parafuseta.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar