Brasília Amarela dos Mamonas estará em exposição em evento neste final de semana 

Quem é um pouco mais velho vai lembrar daquele fatídico dia em que os integrantes dos Mamonas Assassinas perderam a vida em um acidente de avião. Mas quem quiser matar um pouco a saudade da icônica Brasília Amarela dos Mamonas pode comparecer ao evento em Águas de Lindóia, que acontece entre os dias 8 e 11 de junho. 

mamonas assassinas
Brasília dos Mamonas Assassinas foi carro usado pela banda. Foto: Reprodução/ Internet

Brasília Amarela dos Mamonas na 8ª edição do Encontro Brasileiro de Autos Antigos (EBBA) de Águas de Lindóia 2023

O evento aberto ao público traz uma série de cinquentões que marcaram o setor automotivo brasileiro: Chevette, Brasília, Maverick, Chevette e Dodge Polara são alguns dos modelos em exposição na  8ª edição do Encontro Brasileiro de Autos Antigos (EBBA) de Águas de Lindóia. 

Com visitação gratuita, o evento ocorre entre os dias 8 e 11 de junho, com visitação gratuita. Uma das principais atrações do evento é a VW Brasília Amarela de rodas gaúchas da banda Mamonas Assassinas.

VEJA TAMBÉM

Mascote do quinteto, o veículo que ainda está no nome do vocalista  Alecsander Alves, o Dinho, foi estrela do clipe da música “Pelados em Santos”. Depois de permanecer alguns anos abandonado em um ferro velho, o carro foi resgatado pela família de Dinho e restaurado para ficar do mesmo jeito de quando era usado pelo cantor. Dinho comprou a Brasília 77 do ex-sogro e customizou o automóvel, com para-choques de outros veículos e bancos cobertos por estampa animal print.

O evento terá atrações variadas e vai receber, em um espaço de quase 70 mil metros quadrados, ao menos 1.000 carros para exposição e venda, no jardim da Praça Adhemar de Barros, e público estimado de 500 mil visitantes. 

O carro lendário dos Mamonas, cujos integrantes morreram em um acidente de avião em 1996, é um dos exemplares de um projeto bem sucedido e emblemático da Volkswagen, um dos poucos hatches do mercado tratado pelo pronome feminino. Foram necessários três anos e ao menos 40 protótipos até a Brasília chegar ao mercado, em 1973. O Volkswagen Brasília foi batizado para homenagear a nova capital brasileira, criada 13 anos antes. 

A VW Brasília

Com o tema carro popular em alta, nenhum dos carros atuais representa tão bem esse termo quanto modelos mais antigos, como a Brasília da montadora alemã.

Ícone da Volkswagen, a Brasília foi o segundo carro projetado e construído fora da Alemanha (o primeiro foi o SP2). A Brasília foi projetada na mesma plataforma do Fusca e foi produzida entre os anos de 1973 e 1982. 

VW Brasília
VW Brasília foi desenvolvida para o mercado nacional. Foto: Divulgação

O modelo foi desenvolvido para atender às necessidades do mercado brasileiro, na época em que o transporte rodoviário era uma das principais opções de locomoção no país. Apresentada um visual diferenciado, com frente pontiaguda, traseira reta e um espaço maior no porta-malas. 

Inicialmente, foi disponibilizada em uma versão básica, com motor de 1,5 litros e câmbio manual de quatro marchas. Com o passar do tempo a fabricante aprimorou o carro, tornando um dos mais sofisticados da época.

Robson QuirinoSou Robson Quirino. Formado em Comunicação Social pelo IESB-Brasília, atuo como Redator/ Jornalista desde 2009 e para o segmento automotivo desde 2019. Gosto de viagens rápidas, mas sonho em viajar em um cosmic car para o espaço sideral.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
Fechar