Tags

Notícias

Brasil cai uma posição e torna-se apenas o 7º maior mercado automotivo

Créditos: Foto: Pixabay
8 julho, 2015
Rodrigo Loureiro

Com retração de 26% no mês de maio, país foi ultrapassado pela Grã-Bretanha; líder, China teve crescimento baixo no período

A crise automobilística nacional continua afetando os números brasileiros referentes ao setor automotivo. Em pesquisa realizada pela consultoria Jato Dynamics, o Brasil retraiu 26,2% nas vendas de maio e perdeu a sexta colocação de maior mercado para a Grã-Bretanha. Líder, a China também apresentou sinais de desaquecimento, com crescimento de apenas 1,6% em relação ao mesmo mês de 2014.

A vice-liderança mensal foi conquistada pelo Estados Unidos. Os norte-americanos tiveram alta de 1,5% na comercialização de carros, Japão e Alemanha vêm na sequência, mas com quedas mensais de 7,9% e 6,9%, respectivamente. O mercado automobilístico indiano ocupa a quinta posição com alta de 2,8%. A Grã-Bretanha registrou 3,8% mais emplacamentos em maio deste ano do que no mesmo mês do ano passado.

Com números abaixo do esperado, o Brasil também ficou com a sétima posição no número de emplacamentos contabilizados no acumulado do ano. De acordo os dados da Jato Dynamics, esta foi a segunda maior contração do ranking, ficando atrás somente da Rússia que apresentou redução de 38% em maio por conta da desvalorização da moeda russa.

A pesquisa registrou dados de 30 países dos cinco continentes e os números incluem apenas a comercialização de automóveis comerciais leves e veículos de passeio. A exceção se faz na China, em que somente carros foram inclusos na conta.

LEIA MAIS: Produção e licenciamento de veículos caem 20%

 

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.