Bolsonaro comete mais uma infração em moto; veja quais são as mais comuns no País

Bolsonaro pilota moto sem capacete (Foto: Reprodução/Facebook)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), cometeu mais uma infração de trânsito ao pilotar, no último sábado (7), uma motocicleta sem o uso de capacete pelas ruas do município de Santa Rosa, no Rio Grande do Sul. O uso do equipamento de segurança é obrigatório para condutores e passageiros.

Motos da Harley-Davidson ficaram mais caras em 2022: veja a tabela de preços
Capacete é item Obrigatório em todo o País (Foto ilustrativa: Harley-Davidson)

Código de Trânsito Brasileiro prevê multa de R$ 293,47 para o não uso do capacete

O descumprimento da regra é classificado como infração gravíssima pela legislação, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O infrator pode ser multado em R$ 293,47 e ter suspenso o direito de dirigir.

Bolsonaro produziu provas contra si próprio ao cometer a infração de trânsito. Durante o trajeto, ele acenou para apoiadores e chegou a descer para tirar fotos e cumprimentar a população que o acompanhava. O passeio foi transmitido ao vivo pelo presidente da República nas redes sociais.

VEJA TAMBÉM

Ilustrativa

Jair Bolsonaro já foi chamado de “infrator contumaz”; saiba por que…

Não é a primeira vez que Bolsonaro descumpre regras de trânsito ao participar de passeios de moto, com populares e militantes. Ele já cometeu infrações, como condutor ou na garupa, no Guarujá (SP), em Quixadá (CE) e numa ponte sobre o Rio Madeira, em Rondônia.

Em busca da reeleição, Bolsonaro tenta fazer agrados aos motociclistas com promessas de medidas econômicas. Recentemente, o chefe do Executivo afirmou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, estudaria eventual isenção na cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para mototaxistas. 

No ano passado, o governo também publicou portaria que permite a isenção de pedágio para motos em rodovias que estão no processo de licitação ou relicitação.

Novo Código de Trânsito Brasileiro
Ilustrativa

Veja quais são as infrações mais comuns e as multas correspondentes

A infração de trânsito gravíssima cometida pela mais alta autoridade do País ao andar de moto sem capacete não está entre as mais autuadas pelos órgãos de trânsito. 

As infrações mais comuns cometidas por motociclistas são

Excesso de velocidade – média a gravíssima, a depender do excesso (multa a partir de R$ 130,16);

Avançar sinal vermelho ou parada obrigatória – infração gravíssima (multa a partir de R$ 293,47);

Estacionar em local proibido – infração média (multa de R$ 130,16 e remoção do veículo);

Ultrapassar pela contramão – infração gravíssima (multa de R$ 293,47, aumentada em até cinco vezes, em caso de reincidência);

Fazer manobras perigosas – infração gravíssima (multa de R$ 293,47, aumentada em até dez vezes, em caso de reincidência, mais suspensão da CNH).

Além de custar caro, as consequências de determinadas condutas no trânsito colocam em risco a segurança do condutor e dos demais usuários das vias.

novo Código Brasileiro de Trânsito
Imagem: Abc do Abc

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Silveira
Paulo SilveiraJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar