Tags

Serviços

Baratos e indispensáveis, filtros merecem atenção do motorista

Créditos: Fotos: Divulgação/Sogefi

Componentes realizam a triagem de ar, óleo e combustível com o objetivo de impedir que impurezas externas danifiquem o veículo

A melhor forma de explicar o que são filtros automotivos é compará-los com uma peneira comum. Assim como o utensílio de cozinha filtra o líquido e retém os elementos indesejados, os componentes automotivos realizam o mesmo processo de triagem, só que com óleo, ar e combustível, a fim de evitar que as impurezas contidas neles possam danificar o automóvel.

Filtro de ar

Peneirar o ar parece algo desnecessário à primeira vista. No entanto, conforme o motor aspira o ar para fazer a mistura necessária para o seu funcionamento, algumas impurezas, como pólen, fuligem e até insetos, podem ser absorvidas junto e, com isso, causar sérios problemas ao propulsor.

CA5627
Filtro de ar retem as partículas que o motor aspira

Para evitar que isso aconteça, o elemento de filtro de ar serve como escudo. “Ele tem a função de reter todas as partículas que o motor aspira e manda para a câmara de combustão”, explica Francisco Satkunas, engenheiro mecânico e conselheiro da Sociedade dos Engenheiros da Mobilidade (SAE Brasil).

No entanto, esta peça precisa ser trocada com o tempo. Conforme protege o motor, ela mesma acaba retendo a sujidade, o que pode ser bom e ruim ao mesmo tempo. “Quanto mais suja, mais eficiente ela se torna, já que a sujeira irá encontrar cada vez mais obstáculos para ultrapassar. Entretanto, isso fará com que o carro utilize mais força para aspirar o ar, o que gera maior consumo de combustível”, explica o especialista.

Para saber quando é hora de trocar o filtro, o motorista pode checar se o elemento de filtro está muito sujo. Se estiver, a peça deve ser trocada e a carcaça de filtro (onde o elemento é encaixado) deve ser limpa com um pano umedecido com água. De acordo com o engenheiro, a manutenção do componente pode ser feita a cada troca de óleo.

Vale lembrar que, caso o carro seja utilizado em terrenos muito arenosos como estradas de terra de batida ou esteja frequentemente exposto a gases emitidos por outros veículos, a decomposição do elemento de filtro pode acontecer antes do tempo previsto e, por isso, a manutenção também deve ser realizada com antecedência.

O preço para a troca varia bastante e ainda depende da potência do motor. No caso do Volkswagen Gol,  só a peça custa entre R$ 25 (1.0) e R$ 49 (1.6). Já o valor da mão de obra varia entre R$ 35 e R$ 50.

Filtro de óleo

PH4701
Com R$ 100 é possível comprar um filtro de óleo novo e pagar a mão de obra da instalação

O óleo é um elemento essencial para garantir o funcionamento do motor de forma correta, já que ele lubrifica as peças evitando o desgaste prematuro. No entanto, o líquido pode conter alguns compostos que não fazem tão bem para o carro.

“O filtro do óleo remove as partículas indesejadas para que o óleo possa voltar a circular limpo através do sistema de lubrificação”, explica Ronilso Toledo, engenheiro de produção mecânica e supervisor de assistência técnica da Sogefi, empresa que produz equipamentos automotivos.

O valor da peça e da mão de obra varia entre R$ 50 e R$ 100 para carros 1.0. A periodicidade da sua substituição consta no manual do proprietário que acompanha o veículo. Toledo, no entanto, diz que “o ideal é fazer o serviço junto com a troca do óleo do motor. Assim, evita-se a contaminação do óleo novo por resíduos que ficaram acumulados no filtro”.

Filtro de combustível

G10583F
Filtro de combustível custa cerca de R$ 40

O filtro de combustível tem o trabalho de impedir que as impurezas contidas no etanol ou na gasolina cheguem até o motor. Ele fica posicionado entre o tanque de combustível e o propulsor, e filtra compostos indevidos impossibilitando-os de chegar até o sistema de injeção.

Eles também possuem validade e caso estejam vencidos ou danificados por alguma outra razão, a sujeira acumulada na boca do tanque corre o risco de ir parar no motor, podendo até mesmo fundi-lo. Se estiver muito sujo, o filtro ainda impede parcialmente que o combustível chegue até o propulsor, fazendo com que o carro aparente estar consumindo mais gasolina ou álcool.

A troca pode ser efetuada em qualquer oficina automotiva que o internauta tenha confiança e o preço também varia de acordo com o carro, a marca e a motorização. Em oficinas da Ford, da Fiat e da Volkswagen, um novo filtro de combustível custa, em média, R$ 40. O valor da mão de obra gira em torno de R$ 50 para os modelos Ka, Palio e Gol.

Newsletter

Receba com exclusividade nossos conteúdos e o e-book com dicas para cuidar melhor de seu veículo.